Robinson afirma que enquanto Silveira dormia, Jório ajudava ele em Mossoró

O governador Robinson Faria (PSD) encheu a bola do presidente da Câmara Municipal Jório Nogueira (PSD) e minimizou o papel do prefeito Francisco José Junior (PSD) nas eleições do ano passado.

O discurso proferido no encontro regional do PSD ocorrido no último sábado surpreendeu porque até então Robinson afirmava ter grande gratidão ao prefeito a quem considerou fundamental para derrotar o ministro Henrique Alves (PMDB) no segundo turno.

Robinson lembrou alguns bastidores da campanha de governador quando vinha a Mossoró. “Eu chegava em Mossoró, a capital do Oeste, fazendo as nossas pequenas carreatas, com a campanha ainda muito incipiente e meu nome não decolava em Mossoró no começo. Mas quando acabava as reuniões políticas… o prefeito Silveira ia para casa querendo dormir e a mulher esperando por ele. Os demais iam para casa… Fábio voltava para casa atrás de voto. Aí eu alugava a paciência de Jório”, disse em alusão a uma época em que ninguém em Mossoró acreditava que o pessedista derrotaria Henrique Alves (PMDB) na disputa pelo Governo do Estado.

O governador relatou uma situação em que apenas o atual presidente da Câmara Municipal mostrava empenho em fazê-lo conhecido na cidade. “Jório segurava na minha mão e eu dizia Jório vamos visitar Mossoró. A gente saia no calçadão (na verdade Robinson refere-se à Praça da Convivência) de Mossoró de mesa em mesa cumprimentando o povo”, acrescentou.

Pelo discurso de Robinson Faria fica claro o sentimento de gratidão ao vereador. “Era ele me apresentando ‘esse aqui é Robinson Faria que vai sair o governador do Rio Grande do Norte’. Ele não tinha vergonha de falar não. Falava mesmo. Quando o calçadão (leia-se Praça da Convivência) fechava ele ia comigo para a periferia de Mossoró”, lembrou.

[useful_banner_manager banners=2 count=1]

Compartilhe:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *