Secretário de segurança minimiza bolsonarização dos quarteis da PMRN: “O militar tem o direito de opinar sobre quem vai votar”

Coronel Araújo explica a situação dos quarteis do RN para o 7 de setembro (Foto: reprodução/Blog do Barreto)

Em entrevista ao Foro de Moscow o secretário estadual de segurança Coronel Francisco Araújo foi questionando sobre a bolsonarização dos quarteis no da Polícia Militar do Rio Grande do Norte.

Ele ponderou que fora das atividades, os militares são livres para assumir suas posições políticas. “O militar tem o direito de opinar sobre quem vai votar, mas ele não pode atrapalhar a ordem dentro das instituições”, argumentou.

Questionando sobre a presença dos militares estaduais nas manifestações bolsonaristas de 7 de setembro, o secretário disse não existir impedimento. “Eles têm o direito de participar de atividades políticas”, disse. [

Coronel Araújo acrescentou que estarão presentes no evento os policiais e bombeiros militares da reserva ou que estarão de folga. “No RN alguns militares vão participar, mas serão os da reserva e os da ativa que estarão de folga”, declarou.

Confira o trecho da entrevista:

Em reunião do Fórum dos Governadores há uma semana o vice-governador Antenor Roberto (PC do B) recebeu um alerta da infiltração do bolsonarismo entre os policiais militares do RN.

Assista o Foro de Moscow desta segunda-feira na íntegra:

Comments

comments

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter