Um grande problema ignorado em Mossoró

Trânsito de Mossoró é um tema ignorado no debate público (Foto: web)

Todo dia quando você sai de casa sofre com o trânsito. Em horários de pico, principalmente em lugares como as avenidas Francisco Mota, Leste Oeste (via estadual) e Presidente Dutra (via estadual) são as que mais sofrem com engarrafamentos.

Mas os problemas não param por aí. Estacionar no Centro de Mossoró é um suplício. Some-se a isso a falta de educação dos motoristas e imprudência dos motoqueiros.

Até aqui a gestão de Rosalba Ciarlini (PP) tem como medidas mais expressivas na questão do trânsito o arrocho nas multas e a construção de uma rótula na Avenida Rio Branco.

A duplicação da Francisco Mota, embora se trate de uma via federal, fez parte do plano de Governo de Rosalba e de outros que chegaram ao Palácio da Resistência. Recentemente a prefeita esteve em Brasília cobrando recursos para obra, mas sem levar um novo projeto embaixo do braço. O projeto que existe é dos tempos de Fafá Rosado.

Mas repare: somente no terceiro ano de gestão ela tomou uma iniciativa neste sentido.

O Governo do Estado não tem projetos expostos ao público para suas vias dentro da cidade. É um tema que também precisa ser discutido em nível estadual.

A questão do trânsito como quase tudo não é alvo de questionamentos contundentes da oposição municipal.

O trânsito em Mossoró é um problema grave, mas não debatido adequadamente.

Compartilhe:

Comments

comments

2 opiniões sobre “Um grande problema ignorado em Mossoró

  • 5 de setembro de 2019 em 14:29
    Permalink

    Com a prefeita que nós temos a única coisa que aumenta em Mossoró são os problemas

    Resposta
  • 6 de setembro de 2019 em 11:24
    Permalink

    Ainda hoje eu procuro o aplicativo que a prefeita disse q quando assumisse implantaria na saúde pra não ter q pegar fila pra marcar consulta.imagine se preocupar c o trânsito.isso não faz parte do programa de governo.somente as multas interessa para o governo dela.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *