Vivaldo Costa apoia proposta de Cláudio Santos para UERN

vivaldo-costa

O deputado Vivaldo Costa (PROS) fez pronunciamento na manhã desta quinta-feira (3) defendendo a abertura de um debate a fim de encontrar soluções para minimizar a crise financeira pela qual passa o Rio Grande do Norte. A fala do parlamentar foi motivada pela declaração feita, no início da semana, pelo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Cláudio Santos, sugerindo a privatização da UERN como medida de contenção de despesas no Estado.

“Cláudio Santos abriu a discussão. Minha sugestão é que façamos dessa Casa um fórum de debates. A UERN é orgulho do povo Norte-riograndense, mas nos deparamos com uma situação de greve e os alunos são sempre os mais prejudicados. O desembargador demonstrou uma solução que poderia ser tentada, era uma maneira que desse condições de funcionar. Precisamos analisar as possibilidades com frieza, analisar a situação da UERN, mas isso não quer dizer que é obrigada ser privatizada”, disse Vivaldo.

Os deputados Gustavo Carvalho (PSDB) e Getúlio Rêgo (DEM) contribuíram com a fala. Gustavo Carvalho acrescentou que é preciso a elaboração de um estudo por parte do Governo do Estado para apontar resolutividades em setores que estão com dificuldades. Getúlio Rêgo enfatizou que esse “debate significa a sobrevivência das pessoas” pois está preocupado com os problemas da saúde pública, redução dos índices de violência e outros problemas.

Em outro momento, o deputado Vivaldo Costa usou a tribuna para agradecer as homenagens que recebeu pela passagem do seu aniversário, comemorado no dia 1º de novembro. “Tive a felicidade de receber homenagens gratuitas de pessoas como o prefeito eleito de Jardim de Seridó, Amazan e do forrozeiro Rodolfo Lopes. Também recebei o melhor presente: a consolidação da adutora Armando Ribeiro Gonçalves”, comemorou.

Compartilhe:

Comments

comments

2 opiniões sobre “Vivaldo Costa apoia proposta de Cláudio Santos para UERN

  • 3 de novembro de 2016 em 14:26
    Permalink

    Que legislativo….no fundo judiciario e legislativo farão de tudo e apoiarão qquer proposta que possa representar uma gambiarra capaz de tirar o RN do prego. Sem que seja necessário alterar qquer privilégio desses dois poderes, claro! Esse é o lance: a manutenção dos estamentos…é isso que está em jogo. O resto é falso discurso de ‘necessária austeridade’.
    Difícil saber o que qual dos três poderes causa mais asco ao cidadão comum nesse RN.
    O governador viajará para a China. Ira levar seu vice e o pres. da Assembleia? O presidente do TJ assumirá o governo? Caso isso ocorra e o desembargador pretenda implementar suas propostas de privatização já sabemos que terá apoio do legislativo…Urge que a UERN reaja!!

    Resposta
  • 3 de novembro de 2016 em 17:02
    Permalink

    Prezado BRUNO BARRETO,

    Até quando o povo do RN irá tolerar discursos desconexos dos nossos “GESTORES”? Nenhum deles se mostrou sensível ou disposto a abrir mão dos seus benefícios em nome de dias melhores ou menos críticos para o estado.
    É chegado o tempo da reação, não em campo de batalhas com depredações e anarquia, mas sim no campo das ideias e das argumentações, onde se encontram soluções reais e não fantasiosas para pessoas REAIS como nós.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *