“Vocês estão com medo de Isolda ser candidata?”, questiona Gilberto Diógenes

A imagem pode conter: 1 pessoa
Gilberto questiona ataques à Isolda (Foto: Edilberto Barros/CMM)

O vereador Gilberto Diógenes (PT) apontou uma articulação feita pelo rosalbismo para “queimar” a imagem da deputada estadual Isolda Dantas (PT) junto à opinião pública.

Ele disse que há uma mobilização midiática e dentro da Câmara Municipal para detonar a parlamentar. “Vocês estão com medo de Isolda ser candidata?”, questionou.

Ele ranqueou o foco das ações que na ótica dele são em maioria contra Isolda e depois em cima do deputado estadual Allyson Bezerra (SD). “Agressões diárias são só a ela e em segundo lugar a Allyson”, declarou.

O petista ironizou também a fala de vereadores governistas que não reconhecem os deputados Isolda e Allyson como representantes de Mossoró na Assembleia Legislativa. “Esse sentimento de raiva desse segmento é porque não elegeram nenhum deputado estadual”, provocou.

Veja o vídeo

Contexto

A fala de Gilberto se deu em reação à informação de que a deputada Isolda “fugiu” da votação de ontem que incluiu a emenda do deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) que estende o reajuste de 16,38% dos procuradores para todas as categorias.

A parlamentar estava em viagem a Mossoró para cumprir agenda na Assembleia de Deus no momento em que Nelter fez a solicitação oral de propor recurso à decisão da Comissão de Constituição e Justiça, mas a mídia rosalbista espalhou que ela fugiu do plenário para votar a matéria que a própria parlamentar já tinha rejeitado no CCJ.

Compartilhe:

Comments

comments

Uma opinião sobre ““Vocês estão com medo de Isolda ser candidata?”, questiona Gilberto Diógenes

  • 15 de dezembro de 2019 em 12:28
    Permalink

    Na minha umilde opinião de leitor dos blogs, jornais e ouvinte de rádio e tv. A deputada Isolda, pode usar toda máquina do Estado e simpatia da mídia, em sua maioria esquerdista, que receberá menos votos que Gutemberg do PCDoB e Aliison do Solidariedade. É so esperar pra ver. Né não?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *