Voo comercial em Mossoró no dia 12 de abril está cada vez mais difícil

Aeroporto

Não será fácil Mossoró ter voos comerciais no dia 12 de abril como foi anunciado pelo governador Robinson Faria (PSD). As notícias não são alvissareiras.

O general Jorge Fraxe, diretor do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), esteve em Brasília na semana passada e ouviu que sem as mudanças necessárias no Aeroporto Dix-sept Rosado não será possível o retorno dos voos comerciais.

As pendências que atrapalham o cumprimento da promessa do governador são:

– Retiradas de várias casas na lateral do aeroporto (estima-se que serão removidas mais de 100 casas);

– Sessão contra incêndio com uma brigada treinada e homologada por órgãos reguladores;

– Pessoal treinado e qualificado pra operação;

– Certificado Operacional de Aeroporto (COA).

Para piorar ainda existe o risco de o Aeroporto Dix-sept Rosado ser rebaixado da categoria 3 C (aviões grandes) para 2 C (aviões de pequeno porte).

Tanto que a Azul anunciou (ver AQUI) 300 voos extras para os feriados de abril (semana santa e Tiradentes) e não faz qualquer menção a Mossoró.

Compartilhe:

Comments

comments

2 opiniões sobre “Voo comercial em Mossoró no dia 12 de abril está cada vez mais difícil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *