Rosalba exonera filha

Filha de Rosalba deixa cargo

A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) exonerou Lorena Ciarlini do cargo de secretária municipal de desenvolvimento social. A decisão tem a finalidade de deixar a jovem com dedicação exclusiva a campanha eleitoral deste ano.

No lugar dela assume a professora Fernanda Kaline que já vinha atuando com adjunta dando suporte a filha de Rosalba no comando da pasta.

O irmão de Lorena, Kadu Ciarlini (PP), é candidato a vice-governador na chapa de Carlos Eduardo Alves (PDT) e o primo, Beto Rosado (PP), é candidato à reeleição de deputado federal.

Compartilhe:

Rosalbismo tenta exorcizar fantasma dos atrasos salariais duelando com a história

Rosalba entregou a Robinson a herança dos salários atrasados

Toda vez que entrevisto a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) e o assunto é a desastrosa passagem dela pelo Governo do Estado a história é a mesma: ela fala que pagava os salários em dia.

Todas as vezes passo pela situação constrangedora de ter que fazer a história verdadeira ser lembrada para o bem da memória de meus ouvintes e leitores.

Na última sexta-feira a história se repetiu com o filho dela Kadu Ciarlini, que será candidato a vice-governador a partir do dia 16 de agosto. Ele tentou afirmar que a hoje prefeita de Mossoró foi a última governadora a pagar em dia. O jovem político chegou a demonstrar irritação quando lembrei que o Art. 28, § 5° da Constituição do Estado do Rio Grande do Norte prevê o pagamento salarial no último dia do mês.

Veja a redação da nossa Carta Magna:

  • 5°. Os vencimentos dos servidores públicos estaduais e municipais, da administração direta, indireta, autárquica, fundacional, de empresa pública e de sociedade de economia mista, são pagos até o último dia de cada mês, corrigindo-se monetariamente os seus valores, se o pagamento se der além desse prazo.

Entre os meses de setembro de 2013 e novembro de 2014 a então governadora não quitou a folha de pagamento dentro do prazo previsto da Constituição Estadual. Durante esses 14 meses os atrasos variaram entre 7 e 9% dos mais de cem mil servidores do Rio Grande do Norte.

Pode-se ponderar que a situação era bem menos dramática que a de hoje, que havia um calendário estabelecido dando alguma oportunidade de o servidor se organizar, mas é preciso lembrar que a governadora só quitou a folha de dezembro em dia porque após várias tentativas ela conseguiu finalmente ter autorização para mexer no Fundo Previdenciário.

Mas é impossível negar que os atrasos salariais começaram com Rosalba e se aprofundaram com Robinson Faria (PSD), seu sucessor, que só pagou em dia ao longo de 2015 por raspar do Fundo Previdenciário.

Não adianta tentar exorcizar fantasmas do passado duelando com a história.

Abaixo a tabela dos 151 dias em que a folha não foi quitada em dia pela hoje prefeita de Mossoró.

Atrasos na gestão de Rosalba para parte dos servidores

MÊS DATA PAGAMENTO DEVIDO (ART.
28, § 5°, DA CONSTITUIÇÃO ESTADUAL).
DATA PAGAMENTO REALIZADA DIAS DE ATRASO
set/13 30/set 10/10/2013 10
out/13 31/out 08/11/2013 8
nov/13 29/nov 10/12/2013 11
dez/13 31/dez 10/01/2014 10
jan/14 31/jan 10/02/2014 10
fev/14 28/fev 10/03/2014 10
mar/14 31/mar 10/04/2014 10
abr/14 30/abr 09/05/2014 9
mai/14 30/mai 10/06/2018 11
jun/14 30/jun 10/07/2014 10
jul/14 31/jul 08/08/2014 8
ago/14 29/ago 10/09/2014 12
set/14 30/set 10/10/2014 10
out/14 31/out 10/11/2014 10
nov/14 28/nov 10/12/2014 12
    Total 151

Nota do Blog

A prefeita atualmente insiste no erro. “Vende” o peixe da folha em dia todo final de mês, inclusive com um marketing bizarro. Mas enquanto os salários de dezembro não forem pagos a todos os trabalhadores não existirá folha em dia. A prefeita pode até alegar que é uma “herança” de Francisco José Junior, mas cabe a ela resolver o problema.

Foi eleita para isso.

Compartilhe:

Robinson acumula 889 dias sem concluir a folha de pagamento em dia

Rosalba recebeu governo com folha em dia e entregou dependência do fundo previdenciário a Robinson

Hoje é o 1.317º dia do governo Robinson Faria (PSD). Nesse período ele acumula 889 dias sem concluir a folha de pagamento no último dia útil do mês conforme prevê o ART. 28, § 5°, da Constituição Estadual do Rio Grande do Norte.

Isso significa que 67% dos dias de Robinson Faria a frente do Rio Grande do Norte foram descumprindo o compromisso com os servidores estadual.

Robinson já pagou 43 folhas de pessoal ao longo do mandato, 31 uma delas foram em atraso.

Os mais penalizados são os servidores que recebem acima de R$ 4 mil e não estão entre as categorias prioritária como profissionais da Rede Estadual de Ensino, saúde e segurança.

O caso mais dramático de atraso salarial foi na folha de novembro de 2017 que demorou 39 dias para ser quitada.

O único período em que Robinson conseguiu manter a folha em dia foi entre janeiro e dezembro de 2015, justamente o período em que foram feitos saques ao Fundo Previdenciário.

Até aqui, Robinson só manteve os salários em dia para professores da rede estadual de ensino e órgãos com arrecadação própria como Detran e Idema.

Os atrasos salariais começaram em setembro de 2013, ainda na gestão da hoje prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini (PP). No entanto, o perfil dos atrasos era diferente. Apenas de 8 a 10% dos servidores ficavam sem receber e ainda assim por uma dilatação mais curta variando de 8 a 12 dias. Mesmo assim ela acumulou 151 dias (ou 15 meses) sem fechar a folha na data prevista na constituição.

Foi na gestão da atual prefeita que começou a dependência do Fundo Previdenciário. Entre setembro de 2013 e novembro de 2014 foram inúmeras tentativas de mexer no fundo. Só em dezembro de 2014, durante a transição de governo, isso foi possível. Enquanto pôde sacar esses recursos Robinson manteve a folha em dia. Os atrasos voltaram em janeiro de 2016 e permanecem até hoje.

“DÉCIMO”

O estudo do Blog do Barreto desta matéria não leva em conta o atraso salaria do 13º salário de 2017 que não foi pago para quem recebe acima de R$ 3 mil. Já são 231 dias de atraso impedindo o governador de afirmar que os salários estão em dia.

 

Atrasos no Governo Robinson Faria para parte dos servidores

MÊS DATA PAGAMENTO DEVIDO (ART.
28, § 5°, DA CONSTITUIÇÃO ESTADUAL).
DATA PAGAMENTO REALIZADA DIAS DE ATRASO
jan/16 29/jan 04/02/2016 6
fev/16 29/02 04/03/2016 4
mar/16 31/mar 06/04/2016 6
abr/16 29/abr 09/05/2016 9
mai/16 31/mai 08/06/2016 8
jun/16 30/jun 07/07/2016 7
jul/16 29/jul 12/08/2016 14
ago/16 31/ago 19/09/2016 19
set/16 30/set 31/10/2016 31
out/16 31/out 28/11/2016 28
nov/16 30/nov 21/12/2016 21
dez/16 30/dez 27/01/2017 27
jan/17 31/jan 17/02/2017 17
fev/17 28/fev 30/03/2017 30
mar/17 31/mar 02/05/2017 32
abr/17 28/abr 31/05/2017 33
mai/17 31/mai 30/06/2017 30
jun/17 30/jun 31/07/2018 31
jul/17 31/jul 31/08/2017 31
ago/17 31/ago 05/10/2017 35
set/17 29/set 08/11/2017 40
out/17 31/out 08/12/2017 38
nov/17 30/nov 08/01/2018 39
dez/17 29/dez 05/02/2018 36
jan/18 31/jan 27/02/2018 27
fev/18 28/fev 29/03/2018 29
mar/18 30/mar 30/04/2018 30
abr/18 30/abr 30/05/2018 30
mai/18 31/mai 29/06/2018 29
jun/18 29/jun 10/07/2018 11
jul/18 30/jul 10/08/2018 10
TOTAL DE DIAS DE ATRASO 889

 

Atrasos na gestão de Rosalba para parte dos servidores

MÊS DATA PAGAMENTO DEVIDO (ART.
28, § 5°, DA CONSTITUIÇÃO ESTADUAL).
DATA PAGAMENTO REALIZADA DIAS DE ATRASO
set/13 30/set 10/10/2013 10
out/13 31/out 08/11/2013 8
nov/13 29/nov 10/12/2013 11
dez/13 31/dez 10/01/2014 10
jan/14 31/jan 10/02/2014 10
fev/14 28/fev 10/03/2014 10
mar/14 31/mar 10/04/2014 10
abr/14 30/abr 09/05/2014 9
mai/14 30/mai 10/06/2018 11
jun/14 30/jun 10/07/2014 10
jul/14 31/jul 08/08/2014 8
ago/14 29/ago 10/09/2014 12
set/14 30/set 10/10/2014 10
out/14 31/out 10/11/2014 10
nov/14 28/nov 10/12/2014 12
  Total 151
Compartilhe:

Dívida da gestão de Rosalba com previdência gera questionamento no TCE

Contas do PREVI não batem com Rosalba na Prefeitura e ela entra na mira do TCE

Blog do BG

A Diretoria de Despesa com Pessoal do Tribunal de Contas do Estado representou no órgão contra a prefeita de Mossoró, através da gestora da cidade, Rosalba Ciarlini, pela falta de repasses previdenciários.

Na representação, pede-se o imediato pagamento de contribuições patronais e dos servidores, no período de setembro de 2017 a julho de 2018 mais multa diária a Rosalba para o caso de descumprimento. No mérito, é pedida ainda a aplicação do trecho da Constituição que impede o município de aumentar a despesa com pessoal, para que se cumpra a Lei de Responsabilidade Fiscal.

A representação, que tem ainda pedido de tramitação prioritária e urgente, foi distribuida ao conselheiro substituto Marco Montenegro e inclui provocação para que o MPRN seja oficiado para abrir investigação criminal por apropriação indébita previdenciária.

Procurada, a assessoria de imprensa da prefeita de Mossoró ainda não havia se manifestado até a publicação desta reportagem. Assim como outros municípios, Mossoró tem enfrentado dificuldades para equacionar as despesas com pessoal, o que levou até a ações criminais contra os prefeitos anteriores, Silveira Júnior e Cláudia Regina.

Representação

No texto representado ao TCE, os técnicos apontam potencial lesivo ao Previmossoró na ordem de R$ 18 milhões. Os valores seriam a soma das contribuições patronais, da contribuição dos servidores e de parcelamentos de débitos previdenciários anteriores.

Pela lógica exposta, estaria acontecendo o seguinte: o Município está descontando a contribuição dos servidores mas não está repassando para o Previmossoró, bem como tem se abstido de repassar a contribuição patronal e de quitar os débitos pendentes.

Além disso, o documento explica que desde o início da gestão de Rosalba, a prefeitura vem descumprindo a Lei de Responsabilidade Fiscal e gastando com pessoal mais do que é permitido.

“Considerando que o descumprimento dos limites de despesa com pessoal no âmbito da Prefeitura Municipal de Mossoró é irregularidade material que se perpetua há pelo menos quatro quadrimestres, ou seja, desde o início da gestão da atua Prefeitura, Sra. Rosalba Ciarlini Rosado, torna-se necessária a aplicação de multa no valor máximo permitido pela legislação desse TCE”, cobram os técnicos no texto.

Compartilhe:

Vereador governista fecha apoio a adversário de Rosalba

Vereador da base rosalbista fecha com crítico da gestão

O vereador Manoel Bezerra (PRTB) anunciou apoio a candidatura do empresário Jorge do Rosário (PR) a deputado estadual. A decisão foi tomada hoje pela manhã.

Bezerra integra a base de apoio da prefeita. Jorge é oposição sendo vice de Tião Couto (PR) nas eleições de 2016.

O empresário é atualmente é um dos críticos da gestão de Rosalba.

Compartilhe:

Irritada, bancada governista boicota candidatura de Carlos Eduardo

A bancada governista está amuada com o casal governamental Carlos Augusto Rosado/Rosalba Ciarlini (PP). Nenhum vereador da bancada da prefeita esteve sábado em Natal na convenção que confirmou a candidatura de Carlos Eduardo Alves (PDT) ao Governo do Estado tendo como vice o filho da Rosa, Kadu Ciarlini (PP).

A única exceção foi a presidente da Câmara Municipal que esteve no evento por ser delegada do MDB e por ser parceira política do senador Garibaldi Alves Filho (MDB).

A relação entre o casal governamental e a bancada a cada dia se deteriora. Segundo o Blog apurou há uma irritação por parte dos vereadores por falta de diálogo sobre a campanha. As queixas também giram em torno de falta de prestígio se comparado com secretários.

Existem relatos nos bastidores de reuniões apenas para “encher linguiça” e outras audiências em que o casal conversa às pressas com os vereadores sem sequer convidá-los para sentar.

Nota do Blog: há anos afirmo que o casal governamental tem profundo desprezo por vereadores, jornalistas e servidores públicos. São verdadeiros estorvos para eles.

Compartilhe:

Rosalba foi premiada por entidade que “considera” jumento um dos 100 melhores prefeitos do Brasil

No dia 16 de maio de 2017 a notícia divulgada pela Assessoria de Comunicação do Município causou espanto: “Rosalba Ciarlini está entre as melhores prefeitas do país nos 100 primeiros dias de gestão”.

A informação não consta mais no site da Prefeitura de Mossoró, mas a premiação da União Brasileira de Divulgação (UBD) foi amplamente divulgada sem qualquer desconfiança por boa parte da mídia parceira do Palácio da Resistência.

Poucos se atentaram para a obscuridade da UBD até ontem quando o Fantástico da Rede Globo desmascarou o órgão ao comprar a premiação para o jumento “Precioso” (ver AQUI).

O prêmio foi usado para levantar a moral de uma gestão que precisava (e ainda precisa) mostrar serviço. A prefeita Rosalba Ciarlini (PP) não se fez de rogada em comemorar. “Ficamos felizes em ver que o nosso esforço está sendo reconhecido. Iniciamos enfrentando dificuldades, mas priorizando a reorganização da cidade, o restabelecimento dos serviços essenciais e o equilíbrio nas contas públicas”, disse a Assessoria de Comunicação do Município.

A premiação caiu no esquecimento e não serviu para argumento no duelo com os fatos que vem marcando a gestão da atual. Mas o assunto veio à tona com a reportagem do Fantástico que mostrou que na verdade a UBD apenas cobra uma inscrição de R$ 1.480 exatamente o mesmo valor pago pela Prefeitura de Mossoró no ano passado a F. VIEIRA DA CUNHA –ME cujo Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) vem a ser o mesmo UBD.

Francisco José Junior

Em 2015, Francisco José Junior, com pouco mais de um ano recebeu um “prêmio” internacional da Associação Nacional dos Prefeitos e Vice-prefeitos (ANPV) que foi entregue na Suíça. A premiação tem como base pesquisa realizada pela UBD.

O Blog do Barreto não conseguiu localizar no Portal da Transparência pagamentos nem a ANPV nem a UBD nos anos de 2015 e 2016.

Compartilhe:

Presidente do PREVI classifica como preocupante atrasos de repasses da Prefeitura

 

Elviro lamenta atrasos da Prefeitura de Mossoró

Em conversa com o Blog do Barreto o presidente da Previ-Mossoró Elviro Rebouças classificou como preocupante os atrasos dos repasses da Prefeitura de Mossoró ao Instituto de Previdência.

A prefeitura ainda não pagou os repasses patronais entre setembro de 2017 e maio de 2018 e está devendo mais dois meses dos descontos feitos nos contracheques dos servidores (ver AQUI). “É preocupante e não deveria estar acontecendo isso. Nós não concordamos com esse procedimento”, frisou.

Para Elviro a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) tem tratado o assunto com seriedade e prometeu quitar os atrasos dos repasses na próxima semana. “Ela vai pagar o dinheiro descontado dos servidores nos contracheques de maio e junho e a dívida vai ser reduzida a algo em torno de R$ 14 milhões”, acrescentou.

Questionando se as críticas a prefeita não causariam embaraços a prefeita de quem possui uma longeva relação de amizade, Elviro disse que separa as coisas. “Sou presidente da Previ. Tenho deveres com o órgão”, esclareceu.

Compartilhe:

Manobra contábil da Prefeitura provoca dívida milionária com instituto de previdência

Trecho da ata que revela manobra contábil

A fonte é insuspeita: o Jornal Oficial de Mossoró (JOM). A ata tem a assinatura do presidente do Instituto de Previdência de Mossoró (PREVI-Mossoró) Elviro Rebouças.

No documento consta a informação de que o órgão sofre um rombo de R$ 18 milhões por ausência dos repasses patronais e dos descontos nos contracheques dos servidores.

Os dados foram revelados em uma ata do Conselho Municipal de Previdência publicada no JOM do último dia 1º agosto.

Na reunião, o insuspeitíssimo presidente do PREVI Elviro Rebouças revelou que as contribuições patronais do período de setembro de 2017 a maio de 2018 estão atrasadas cumulando uma R$ 18,4 milhões.

Na própria ata consta que ele revela que a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) faz uma manobra contábil na previdência para pagar a folha de pagamento. “(Elviro) Destacou que a situação financeira da Prefeitura não boa e que a Senhora Prefeita estaria tendo que escolher entre pagar os servidores ou fazer os repasses devidos ao Previ”, frisou.

O Blog do Barreto fez contato com o presidente da PREVI Elviro Rebouças que confirmou o teor da ata e contou que a contribuição dos servidores de maio e junho estão atrasadas porque a prefeita desconta e não faz o repasse ao instituto.

ALENTO

Na ata ao menos um alento para os servidores municipais. Elviro conta que os repasses das dívidas parceladas da Prefeitura de Mossoró estão em dia e que o INSS pagou R$ 15 milhões a título de compensação previdenciária.

Elviro informa que a saúde da PREVI está equilibrada com R$ 60 milhões de saldo.

Nota do Blog: o PREVI-Mossoró foi criado em 2011 através de um projeto que tramitou apenas duas horas na Câmara Municipal. Não houve discussão com os servidores. A irresponsabilidade de constituição do órgão já constava no seu nascedouro. Este operário da informação denunciou desde o início que isso não ia dar certo. Na época a Prefeitura de Mossoró “zerava” o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) por constantes atrasos nos repasses ao INSS.

Ainda hoje publicaremos a avaliação de Elviro Rebouças sobre a situação.

Compartilhe:

Rosalba indica desafeto de Izabel Montenegro para suplente de Garibaldi

Será o médico Bernardo Rosado, proprietário do Hospital Wilson Rosado, o segundo suplente do senador Garibaldi Alves Filho (MDB) que tenta a reeleição em 7 de outubro. O primeiro é o empresário Marcelo Queiroz.

A indicação é do grupo da prefeita Rosalba Ciarlini (PP). O acerto foi formalizado ontem, em Mossoró.

Nos bastidores, o assunto rendeu comentários jocosos de aliados e adversários políticos da presidente da Câmara Municipal Izabel Montenegro (MDB). Para quem não sabe o médico é desafeto da presidente da Câmara. Izabel tem uma longa trajetória de parceria política com a oligarquia Alves

O Blog fez contato com a vereadora. Ela disse que as diferenças com Bernardo não vão atrapalhar o apoio dela a Garibaldi. “Todo mundo sabe que eu tenho problemas com Bernardo por causa da concorrência predatória que ele pratica. Fui pega de surpresa e me afobei, mas não posso deixar de apoiar ele (Garibaldi), tenho uma afeição muito grande, maior do qualquer problema. Ele se quer sabia quem Beto ia indicar pra suplente. O momento é de conciliar.

Compartilhe: