Categorias
Matéria

Cosern adere ao Desenrola Brasil e oferece até 90% de desconto. Saiba como participar

A Neoenergia Cosern aderiu ao programa Desenrola Brasil, do Governo Federal, e está oferecendo até 90% de desconto aos clientes com débitos juntos à distribuidora. Até o final de outubro, os consumidores que atendem aos requisitos da iniciativa poderão negociar os débitos e parcelar a dívida em até 60 vezes. Todo o processo será realizado digitalmente, através da plataforma desenvolvida pelo Governo que pode ser acessada em: https://desenrola.gov.br/.

Estão aptas a participar da negociação as pessoas que possuem renda de até dois salários-mínimos ou inscritas no CadÚnico, e que possuem débito negativado entre o dia 1º de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2022. Poderá ser negociado até R$ 5 mil por devedor, considerando o somatório das dívidas financiadas.

Além disso, o consumidor terá a possibilidade de parcelar o débito em até 60 vezes (caso a dívida seja contemplada no leilão de descontos), sem necessidade de entrada, e com o vencimento da primeira parcela 30 dias após a efetivação da negociação. Caso o débito não seja contemplado no leilão, o cliente ainda poderá aproveitar o benefício do desconto através da quitação à vista.

“A participação no Desenrola Brasil é mais uma ação da Neoenergia para facilitar a adimplência dos seus clientes. Junto com outras iniciativas, estamos estimulando e proporcionando alternativas para que eles consigam equilibrar suas contas com as melhores condições”, destaca Renata Farias, gerente comercial da Neoenergia.

É importante ressaltar que os clientes interessados em participar devem ter cadastro na plataforma GOV.BR e possuir uma conta nível Prata ou Ouro. A conta é gratuita e necessária para comprovar a identidade do cidadão. Saiba mais clicando aqui.

E quem não está no Desenrola?

Pensando nos consumidores que não forem contemplados no financiamento do Programa Desenrola Brasil, a Neoenergia fechou uma parceria com a Flexpag e permitirá que os clientes que possuam dívidas negativadas entre o mesmo período (01/01/2019 e 31/12/2022) possam negociar os débitos em até 21 parcelas, com a mesma taxa de juros do financiamento do programa governamental (1,99%) e descontos de até 90%.

A negociação poderá ser realizada no Portal de Negociação disponível no site da Neoenergia (www.neoenergia.com), na aba Área do Cliente, Negociação de Débitos.

Categorias
Matéria

Bandeira verde: energia vai ficar mais barata em abril

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) confirmou, no dia 31 de março, que não haverá cobrança extra nas contas de luz em abril, com a manutenção da Bandeira Verde. Apesar disso, a Neoenergia Cosern chama a atenção para a necessidade de adoção de consumo consciente de energia elétrica, em razão da manutenção das altas temperaturas mesmo após o fim do verão com consequente ampliação do uso de aparelhos de ar-condicionado e ventiladores.

A Neoenergia Cosern lembra que, mesmo com essa condicionante, é possível reduzir ainda mais o valor da conta de luz. Além disso, o cliente contribui com o meio ambiente evitando desperdícios com a adoção de pequenas mudanças de hábitos que o transformam em um consumidor de energia elétrica consciente.

Ana Mascarenhas, superintendente de Eficiência Energética da Neoenergia, lembra que é necessário observar a existência do Selo Procel na aquisição de novos equipamentos. O Selo é a garantia de que os produtos consomem menos energia elétrica.

Confira mais dicas de consumo consciente de energia elétrica:

Ar-condicionado e ventilador

O recomendado é manter a temperatura do aparelho entre 23ºC e 25ºC e programar o desligamento automático durante a madrugada. A outra opção é adquirir aparelhos com a tecnologia Inverter, onde há melhor uso do compressor.  Outro detalhe importante é conferir se a manutenção do aparelho está em dia e limpar filtros e saídas de ar a cada duas semanas.

As recomendações para quem vai comprar um ar-condicionado são de optar por modelos Split, que são mais eficientes do que os de janela. Além disso, os que são dotados de tecnologia Inverter são até 60% mais econômicos por adotarem um sistema que não desliga completamente o compressor de ar durante o uso, evitando picos de energia. É essencial identificar a capacidade mais adequada do aparelho para as características do ambiente. A instalação deve ser feita, preferencialmente, em paralelo ao lado de maior dimensão do cômodo e no alto.

Após a refrigeração do espaço, o consumidor pode recorrer aos ventiladores de teto, que são mais econômicos, para circular o ar e manter o clima agradável. Quanto maior a velocidade, maior o consumo.

Chuveiro elétrico

Deve ser mantido desligado ou na opção verão, que consome até 30% menos energia. Além disso, deve-se tomar banhos rápidos, e desligar a água quando estiver ensaboando. Por segurança, a orientação é sempre usar resistências originais, pois as inadequadas podem elevar o consumo de energia e provocar sérios danos à instalação e ao chuveiro, causando risco de acidentes. A troca por aquecedor solar térmico é sempre recomendado.

Geladeiras

Para evitar o aumento do consumo, deve-se verificar a borracha de vedação e evitar colocar alimentos quentes. Outra orientação é manter o aparelho a pelo menos 10 centímetros de distância da parede, evitando que o calor aumente excessivamente na parte traseira. Deve-se abrir a geladeira o mínimo de vezes possível.

Iluminação natural e uso de LE

É importante manter janelas e cortinas abertas para utilizar a iluminação natural. Utilizar cores claras nas paredes e apagar as lâmpadas dos cômodos desocupados, com exceção daquelas que contribuem com a segurança também é importante. Quando precisar usar lâmpadas, escolher as de LED, que são cerca de 40% mais econômicas. O uso de lâmpadas LED traz uma série de benefícios, além de gerar economia de energia.

Elas possuem maior vida útil, com duração de aproximadamente 25 mil horas, enquanto as lâmpadas fluorescentes duram 15 mil horas. A tecnologia também causa menos impacto ambiental. O LED não possui elementos tóxicos na sua composição, ao contrário das lâmpadas fluorescentes, que possuem mercúrio, gerador de resíduos prejudiciais ao meio ambiente quando essas são descartadas de maneira irregular em rios e aterros.

Fonte: Cosern/Neoenergia.

Categorias
Matéria

Cosern afirma que caíram 2,2 mil raios em Mossoró apenas ontem, deixando mais de 114 mil consumidores sem energia na cidade

 

A Neoenergia Cosern informa que registrou a queda de 13.092 raios em todo o Rio Grande do Norte nesta quarta-feira (22), conforme dados extraídos da plataforma ClimaTempo. As maiores ocorrências foram nas regiões Oeste (Mossoró), Vale do Açu e Seridó.

Somente nesta quarta-feira (22), no município de Mossoró, caíram 2.239 raios. Esse número corresponde a 17,10% do total registrado na data em referência.

Além disso, esse volume total de raios representou, em um único dia, 14,84% do quantitativo de descargas atmosféricas registradas ao longo de 2023 no estado potiguar (88.185 raios desde 1 de janeiro até 22 de fevereiro).

Como consequência, ontem, foram registradas 1.279 ocorrências que interromperam o fornecimento de energia para 114.635 consumidores em Mossoró, principalmente nos bairros Sumaré, Pintos, Centro, Rincão, Vingt-Rosado, Costa e Silva e Alto de São Manoel – além dos municípios de Grossos e Areia Branca.

Em menos de 60 minutos, 45% dos clientes tiveram o fornecimento normalizado, 24% entre 60 e 120 minutos e, neste momento, equipes técnicas estão trabalhando para reestabelecer o fornecimento para 580 clientes.

Esse número de ocorrências é 19 vezes maior que a média diária histórica registrada em fevereiro pelo Centro de Operações Integradas da Neoenergia Cosern.

Ao longo do dia (22), a estrutura de atendimento da Neoenergia Cosern foi reforçada com incremento de 100% na equipe do Centro de Operações e de 133% nas equipes de atendimento de campo.

A Neoenergia Cosern lamenta os transtornos e ressalta que manterá as equipes de Plantão e do Centro de Operações reforçadas ao longo desta quinta-feira (23), restabelecendo o fornecimento para todos os consumidores afetados.

A distribuidora ressalta as orientações de segurança em dias de chuvas no vídeo a seguir.

Informações da Assecom/Cosern.