Categorias
Matéria

Noventa por cento dos potiguares tomaram ao menos a primeira dose da vacina contra a covid

O Rio Grande do Norte atingiu a marca de 90% da população acima de 18 anos contra a Covid-19 com a primeira dose, de acordo com dados do portal RN+ Vacina. O percentual representa pouco mais de 2,3 milhões de pessoas em todo o estado.

Além disso, o público geral, que inclui os adolescentes acima de 12 anos, também se aproxima do percentual de 90%, com 2.635.128 pessoas que tomaram a primeira dose, segundo o registro na plataforma RN+ Vacina até o fim da manhã desta segunda-feira (29).

Na sexta-feira (26) a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) distribuiu o primeiro lote de vacinas destinado à dose de reforço para o público abaixo dos 60 anos, naquelas cidades que já estejam aptas para ampliação da campanha de vacinação.

Categorias
Matéria

Quem tomou D1 da vacina Oxford/Atrazeneca pode tomar D2 da Pfizer

A Câmara Técnica de Vacinação do Rio Grande do Norte deliberou, nesta quarta-feira, 27, sobre a aplicação da D2 da Pfizer em pessoas que tomaram a primeira dose da vacina Oxford/Atrazeneca. A medida já foi tomada por outros estados e a intercambialidade da vacina já acontece também em outros países com segurança.

Ficou aprovado que os municípios que estão desabastecidos de Oxford/Atrazeneca apliquem a D2 da Pfizer em quem está com a segunda dose em atraso.

O Estado vai distribuir 20.346 doses de Pfizer para ajudar os municípios a cumprir o esquema vacinal deste público. O intervalo para a D2 se mantém o mesmo da Astrazeneca, ou seja, de 90 dias. A secretaria recebeu na manhã desta quarta-feira (27) 11.700 doses do imunizante da Pfizer. A distribuição acontecerá na manhã da próxima quinta-feira (28) e serão 29.471 da Reserva técnica, sendo 20.346 da Pfizer e 9.125 doses da Oxford/Astrazeneca.

A Sesap ressalta a importância de completar o esquema vacinal para o enfrentamento da pandemia da covid-19. A plataforma RN Mais Vacina aponta que hoje o Estado do Rio Grande do Norte tem 207.054 pessoas que não voltaram para tomar a segunda dose.

Categorias
Matéria

RN recebe 105 mil doses da vacina Coronavac/Butantan

Foto: Paulo Nascimento

A campanha de imunização contra a Covid-19 no Rio Grande do Norte ganhou um reforço neste sábado (18). A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) recebeu, no início da tarde, 105 mil doses da Coronavac/Butantan.

O lote de imunizantes servirá para ampliar a cobertura vacinal no estado. Até o fim da manhã de sábado, segundo os registros da plataforma RN+ Vacina, já tinham sido aplicadas no estado mais de 3,51 milhões de doses.

A cobertura com a primeira dose chegou a 84% dos adultos, representando 2,25 milhões de pessoas. Já entre os que completaram o esquema vacinal ou tomaram a dose única o alcance é de 47% – 1,26 milhão de moradores do RN.

Ontem (17), a Sesap entregou aos municípios, apesar do Ministério da Saúde ainda não ter encaminhado o carregamento, o primeiro lote para dose de reforço nos idosos. Foram pouco mais de 20 mil vacinas da Pfizer, que servirão para iniciar a aplicação da terceira dose com prioridade para os acamados e idosos que vivem em instituições de longa permanência.

Somando-se a esse lote também a Secretaria distribuiu mais  doses, totalizando cerca de 90 mil vacinas que servirão para dar continuidade ao processo de imunização dos potiguares já neste fim de semana.

Categorias
Matéria

Quase 4 mil mossoroenses são vacinados contra Covid-19 no fim de semana

Mossoró iniciou neste domingo (15) a imunização do público-geral de 18 anos ou mais (Foto: Wilson Moreno)

A Prefeitura de Mossoró aplicou neste sábado e domingo, dias 14 e 15, respectivamente, o total de 3.758 doses de vacinas contra a Covid-19. A imunização ocorreu no Sesi e no Centro de Vacinação, montado no Ginásio Municipal de Esporte Pedro Ciarlini.

Mossoró ampliou a vacinação e iniciou neste domingo (15) a imunização do público-geral de 18 anos ou mais. O município já aplicou mais de 239 mil doses de vacinas contra a Covid-19. Já são 174.424 mossoroenses que já tomaram a primeira dose, segundo dados do portal RN Mais Vacina.

A secretária municipal de Saúde, Morgana Dantas, enalteceu o trabalho desenvolvido pelos servidores e voluntários na campanha “Mossoró Vacina”, iniciada em 19 de janeiro de 2021.

“Hoje foi um dia que ficará para a história da cidade. Conseguimos alcançar a faixa etária de 18 anos ou mais. Tudo isso é fruto de um trabalho em equipe, de segunda a segunda, vacinando a população”, destacou Morgana.

Nesta segunda (16), o município segue aplicando a primeira e segunda doses no Centro de Vacinação e no Ginásio do Sesi. A população também pode tomar a segunda dose nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Veja a documentação necessária para a D1:

  • Documento de identificação com foto (cópia e original); 
  • Comprovante de residência ou declaração da Unidade Básica de Saúde do seu bairro (cópia e original); 
  • Não ter recebido qualquer outra vacina nos últimos 14 dias.

Agilize o processo de vacinação realizando o cadastro na plataforma “RN Mais Vacina” (Clique Aqui)

Categorias
Matéria

RN recebe lote da Astrazeneca/Fiocruz para iniciar vacinação de novas faixas etárias de grupos sem comorbidades

Foto: Raiane Miranda

O Rio Grande do Norte recebeu, no início da madrugada desta quinta-feira (10), o segundo lote de vacinas contra a Covid-19 nesta semana. A carga conta com 59.250 vacinas da Astrazeneca/Fiocruz, que conta com as primeiras doses destinadas ao público sem comorbidades entre 18 e 59 anos.

O lote recebido pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) foi direcionado à Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat), para posterior distribuição entre os municípios. A Sesap e os municípios pactuaram ontem (9) que será iniciada a vacinação de novos grupos.

Neste primeiro momento, os municípios poderão abrir a vacinação por faixa de idade, de forma decrescente, e as lactantes com bebês até 6 meses.

O acordo feito entre Sesap e municípios na Comissão Intergestores Bipartite (CIB) é de que a vacinação por idade seguirá em paralelo com as prioridades estipuladas no plano nacional de vacinação.

Ficou estipulado que, após reservada a cota dos profissionais da educação, metade do lote será para atender por faixa de idade e a outra metade de destinada à continuidade dos grupos prioritários.

Categorias
Matéria

Reportagem mostra omissão de pasta de Fábio Faria no incentivo à vacinação contra covid-19

 

 

Fábio está a frente de pasta que gasta mais para divulgar medicamento sem comprovação científica (Foto: Egberto Nogueira)

A Agência A Pública apurou que o Ministério das Comunicações, atualmente sob o comando de Fábio Faria, tem feito pouco caso da necessidade de campanhas publicitárias de incentivo à vacinação e priorizado assuntos como o “tratamento precoce” na hora de aplicar recursos.O levantamento feito graças à Lei de Acesso à Informação mostrou que somente em abril, três meses após o inicio da vacinação, foi feita a primeira campanha publicitária relacionada ao tema.

A reportagem mostra que foram aplicados apenas R$ 5 milhões enquanto que o “tratamento precoce” que promove uso de medicamentos cuja eficácia contra a covid-19 não foram comprovadas pela ciência consumiram R$ 19,5 milhões em recursos públicos entre 17 de outubro e 30 de dezembro.

Outra campanha publicitária que recebeu muita atenção do Ministério das Comunicações foi o incentivo à retomada da economia que custou R$ 30 milhões aos cofres públicos veiculada de 20 de julho a 16 de agosto. A estratégia política aí é clara coloca o presidente Jair Bolsonaro em confronto com prefeitos e, principalmente, governadores.

A campanha do Ministério das Comunicações mais cara no contexto da pandemia custou R$ 35 milhões na divulgação de “medidas de cuidados com Estados e Municípios” que, apesar do título, tratou da divulgação auxílio emergencial, envio de recursos para unidades federativas, aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e distribuição de medicamentos (sem especificar quais). A campanha foi realizada entre 22 de junho  10 de julho do ano passado e não tratou de orientações preventivas contra a covid-19.

Você pode conferir a reportagem completa acessando o link abaixo:

https://apublica.org/2021/05/ministerio-das-comunicacoes-gasta-mais-em-campanha-de-volta-a-atividades-que-de-vacinacao/

Categorias
Matéria

RN vai receber mais de 130 mil vacinas

Novo lote de vacinas chega na quinta-feira (Foto: Wilson Moreno)

A governadora Fátima Bezerra (PT) anunciou que recebeu sinalização do Ministério da Saúde que na quinta-feira chega um novo carregamento vacinas ao Rio Grande do Norte.

São 122.250 doses da AstraZeneca/Fiocruz e 9.360 da Pfizer, totalizando 131.610 vacinas.

“Bom dia! Acabamos de receber do Ministério da Saúde a sinalização de chegada de #maisvacinas essa semana: 122.250 AstraZeneca,  Fiocruz e 9.360 da Pfizer. A previsão é para quinta-feira. #vemvacina”, disse a governadora.

Categorias
Matéria

RN recebe vacinas suficientes para zerar fila da segunda dose da coronavac

Foto: Raiane Miranda

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) recebeu na madrugada desta terça-feira (17) o lote de vacinas Coronavac/Butantan destinado a zerar a fila de espera pela 2ª dose do imunizante. São 38.200 vacinas a serem distribuídas aos municípios potiguares, resultado de uma articulação da Sesap e do Governo do Estado junto ao Ministério da Saúde para que o déficit de vacinação contra a Covid-19 fosse encerrado. O trabalho contou com a participação direta da governadora Fátima Bezerra em contatos e pedidos feitos ao ministério ao longo das últimas semanas.

Esta é a quarta carga de Coronavac que será entregue pela Sesap às gestões locais em menos de duas semanas. Até o início do processo, cerca de 87 mil pessoas aguardavam a segunda dose da Coronavac no RN, segundo os dados da plataforma RN+ Vacina e informações recolhidas junto aos municípios. A necessidade de recebimento do imunizante no estado também foi reforçada por uma liminar expedida pela Justiça Federal, a pedido dos ministérios públicos do RN, Federal e do Trabalho e da Defensoria Pública do Estado, que contou com o apoio do Governo e da Sesap.

Além da Coronavac, no mesmo carregamento o RN também recebeu um lote da Astrazeneca/Fiocruz, totalizando 93.500 vacinas recebidas. As 55.300 vacinas produzidas pela Fiocruz são, segundo a orientação do ministério, para a 2ª dose de idosos entre 60 e 69 anos que iniciaram o processo de imunização há cerca de 90 dias. Ainda nesta terça-feira está programado o recebimento de um lote com 10.530 unidades da Pfizer, para a ampliação do público que receberá a primeira dose.

Com esses lotes, o RN ultrapassa o 1,3 milhão de doses recebidas, das quais 888.887 tiveram a aplicação já registrada no RN+ Vacina. São 590.399 potiguares atendidos com pelo menos 1ª dose do imunizante contra a Covid-19.

Categorias
Matéria

Deputado que manda você tomar ivermectina “profilática” se vacina

Deputado defende que ivermectina previne covid-19, mas foi se vacinar (Foto: cedida)

O deputado estadual Albert Dickson (PROS), um dos principais defensores do “tratamento precoce” no Rio Grande do Norte, não resistiu a tentação de se proteger de verdade da covid-19 e foi se vacinar hoje pela manhã em Natal.

Em fevereiro, o parlamentar dizia que o uso “profilático” da ivermectina protegia mais do que as vacinas (confira no vídeo abaixo) coronavac e astrazenica.

Em setembro ele dizia, em outro pronunciamento na Assembleia Legislativa, não ter nada contra as vacinas, mas que considerava preocupante a cláusula contratual em que os laboratórios não se responsabilizam sobre eventuais efeitos colaterais, ignorando que isso é recorrente em contratos desse tipo. “Eu queria falar também sobre a cláusula que diz que se algum paciente brasileiro tiver qualquer problema, como aconteceu nos testes primários, em que uma pessoa teve mielite e problemas neurológicos, a responsabilidade não será da AstraZeneca nem da universidade de Oxford. Isso é um grande problema, já que a empresa, que é uma grande produtora mundial, está vendendo as vacinas por R$ 1 bilhão e não vai se responsabilizar pelos possíveis efeitos colaterais”, frisou.

Vacina para ele, ivermectina para você (Foto: reprodução)

Albert teve 12 vídeos removidos por fazer pregação do “tratamento precoce” cuja comprovação científica não existe e é acusado em duas reportagens de trocar consultas por likes e usar grupos de WhatsApp para divulgar suas soluções para a covid-19.

Diferentemente de outros políticos, Albert Dickson não colocou nas redes sociais que se vacinou.

Nota do Blog: depois dessa, essa página vergonhosa tem que ser virada. Espero que as autoridades acordem e tomem providências porque muita gente morreu enganada.

Categorias
Nota

RN recebe quase 90 mil doses de vacinas contra covid-19 nesta quinta-feira

Vacinas chegam amanhã (Foto: Sandro Menezes)

O Rio Grande do Norte recebe nesta quinta-feira (13), ao fim da tarde, mais um lote de vacinas. De acordo com a indicação do Ministério da Saúde, serão entregues à Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) 89.550 doses, sendo 33.800 unidades da Coronavac/Butantan e 55.750 imunizantes da Astrazeneca/Fiocruz.

As doses da Coronavac serão voltadas em sua totalidade para atender a vacinação atrasada dos potiguares que aguardam a 2ª dose. A Sesap enviará uma orientação aos municípios para completar o esquema vacinal. Este é o primeiro de dois lotes de Coronavac aguardados, a partir da articulação feita pelo Governo junto ao Ministério da Saúde, incluindo contatos direitos da governadora Fátima Bezerra.

Até a manhã desta quarta-feira (12), cerca de 75 mil potiguares ainda esperavam a 2ª dose da Coronavac.

O lote de vacinas da Astrazeneca/Fiocruz, segundo indicação do Ministério da Saúde, também é destinado para atender quem tomou a primeira vacina há cerca de 90 dias.

Com estes novos lotes, o RN chega a 1,25 milhão de doses recebidas, somando os imunizantes da Coronavac/Butantan, da Astrazeneca/Fiocruz e da Pfizer.