Categorias
Artigo

Dois 14 de julho na França

Por Ney Lopes

Hoje, 14 de julho**, a data nacional da França.

Há dois 14 de julho na história da revolução francesa.

O de 1789, lembrado como a histórica “Tomada da Bastilha”, término do absolutismo monárquico e o início da Revolução.

E o 14 de julho de 1790, a grande festa da federação.

Afinal, qual deles marca a revolução francesa?

Em 9 de julho de 1789, o rei Luís XVI percebeu o início da insurreição popular e a adesão de pensadores franceses às ideias do iluminismo, movimento intelectual, que inspirara a revolução americana (1776) e pregava maior liberdade econômica e política.

Diante da crise econômica gravíssima, o monarca proclamou a abertura da Assembleia Nacional Constituinte, como tentativa de apaziguar os ânimos políticos.

Entretanto, o movimento já estava nas ruas e irrompeu cinco dias depois (14 de julho).

Iniciava-se processo, revolucionário causado pela fome do povo, que levou as massas a invadirem castelos e mosteiros, pilhando e saqueando as propriedades.

A Bastilha era uma prisão, símbolo do antigo regime, tendo sido tomada pela população parisiense.

Ocorreu verdadeiro banho de sangue, quando centenas de pessoas morreram, inclusive a decapitação do governador de Paris. A revolta chegou às áreas rurais, com maior intensidade.

O segundo 14 de julho é de 1790, ocorreu um ano depois, na chamada “Festa da Federação”.

Em Paris, o clima era de esperança e otimismo. A reconciliação nacional parecia próxima.

Diante disso, a população decidiu festejar nas ruas as conquistas alcançadas, após a queda da Bastilha.

Nesse primeiro ano, ocorreram muitos avanços: os bens do clero foram confiscados; os nobres perderam a maioria de seus privilégios; aprovada a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, que assegurava, ao cidadão os direitos civis; liberdade de pensamento e expressão; igualdade perante a lei; defesa da propriedade; direito de se rebelar contra os abusos do governo.

O rei Luiz XVI continuou no trono, com poderes reduzidos pela Assembleia Constituinte.

A principal razão para os festejos foi a reconciliação popular com a monarquia.

A “Festa da Federação” teve o propósito do esquecimento, perdão das violências e o sangue derramado.

A França vivia a “fase otimista da revolução”, que parecia caminhar para um final feliz, com a união da nação, da lei e do rei.

Infelizmente, o 14 de julho de 1790, que comemorou a unidade nacional, não sobreviveu por muito tempo.

A revolução prosseguiu com mortes e o assassinato do rei e da rainha, três anos depois.

Seguiram-se os períodos do terror, Robespierre, de Napoleão Bonaparte.

O exemplo revolucionário francês estimulou movimentos semelhantes na Holanda, Bélgica e Suíça; com apoio na Itália, Alemanha, Áustria, Inglaterra e Irlanda. Chegou até o Novo Mundo e influenciou a independência nas colônias portuguesas e espanholas.

Diante da coincidência dos episódios históricos, ocorridos no dia 14 de julho de 1789 e 1790, surgiu um debate sobre qual deveria ser considerada a data nacional francesa.

A tomada da Bastilha fora um motim popular sangrento.

A Festa da Federação, comemoração pacífica e reconciliadora.

Tudo convergiu para considerar a Festa da Federação, a data em torno da qual a maioria poderia concordar.

Em 1880, o governo francês proclamou o 14 de julho como a data nacional, numa lei, cujo texto “não mencionou o ano”.

Porém, o senador Henri Martin, que rascunhou a Lei do Dia Nacional, na sua proposta se referiu ao ano de 1790.

Na memória popular, até hoje, a data continua associada a tomada da Bastilha, em 1789.

Em Paris, os festejos se concentram na praça da Bastilha, com shows e espetáculos ao ar livre, para brindar o fim o despotismo e a chegada da soberania popular.

Os valores cultuados à época da Revolução Francesa continuam atuais e merecem reflexões, no período de reconstrução que se inicia, após a pandemia devastadora.

O lema “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”, que inspirou o movimento histórico, deverá servir de exemplo à democracia brasileira, neste momento de tensões e inquietações políticas repetidas.

O valor nacional a ser preservado, a qualquer custo, é a estabilidade do nosso Estado Democrático de Direitos, com o respeito a supremacia da vontade popular, preservação da liberdade e igualdade de direitos, que traduzem a universalidade da cidadania.

Esses valores serão alcançados, a partir da legitimidade das próximas eleições gerais de 2022, realizadas com base na Constituição vigente, que conduzirão a nação para a governabilidade indispensável, na difícil tarefa de reconstrução após a pandemia.

 *É jornalista, ex-deputado federal, professor de direito constitucional da UFRN e advogado.

**Data do envio do artigo.

Este texto não representa necessariamente a mesma opinião do blog. Se não concorda faça um rebatendo que publicaremos como uma segunda opinião sobre o tema. Envie para o barreto269@hotmail.com e bruno.269@gmail.com.

Categorias
Matéria

Articulador de nominatas em Mossoró vai recrutar candidatos na Região Oeste

Nicó vai recrutar candidatos para o Cidadania no Oeste potiguar (Foto: Edilberto Barros/CMM)

O ex-vereador Nicodemos Fernandes, o Nicó, está encarregado de recrutar candidatos para o Cidadania pela região Oeste do Rio Grande do Norte para as eleições proporcionais do ano que vem.

Conhecido por montar estratégias bem sucedidas nas disputas para a Câmara Municipal de Mossoró ele conta ao Blog do Barreto que vai expandir a atuação em 2022 cuidando do recrutamento de nomes da Região Oeste para o partido.

Nicó esteve de projetos no PSL (2008), PMN (2012), PTN (2016) e Cidadania (2020) sempre elegendo pelo menos dois vereadores.

Categorias
Matéria

Henrique prepara retorno à política fora do MDB

Henrique pode estar de malas prontas para o Cidadania (Foto: Web/autor não identificado)

Ex-ministro, ex-presidente da Câmara dos Deputados e parlamentar por 44 anos Henrique Alves ensaia retorno à política.

Segundo a jornalista Thaisa Galvão ele afivela as malas para deixar o MDB, partido que ele ajudou a organizar no Rio Grande do Norte junto com o pai Aluízio Alves no pós-ditadura militar.

Segundo a colega ele estaria encaminhado para ir para o Cidanania (antigo PPS) visando voltar a Câmara dos Deputados.

Henrique está sem clima no MDB por causa do péssim relacionamento que tem com o primo e deputado federal Walter Alves, que preside o partido no Estado.

Henrique ficou de fora das eleições 2018 e chegou a ficar quase um ano preso por causa de processos envolvendo a Operação Lava Jato. Recentemente ele foi absolvido em outra ação, o “Quadrilhão do MDB”.

O deputado tem feito sinalizações e opinado bastante sobre temas do Rio Grande do Norte nas redes sociais.

Categorias
Matéria

Vereador se licencia e será substituído por suplente

Nicó vai assumir mandado de Gideon por 30 dias (Foto: cedida)

Blog Saulo Vale

O vereador mossoroense Gideon Ismaias (Cidadania) anunciou que vai se licenciar do cargo para fazer um procedimento cirúrgico.

O afastamento será de um mês.

Quem vai assumir, já na próxima terça-feira (23), é o primeiro suplente, Nicó Fernandes (Cidadania).

Nicó teve 796 votos nas eleições de 2020.

Gideon é vereador governista. Nicó seguirá a mesma linha.

Nota do Blog do Barreto: finalmente Nicó, um dos principais articuladores de chapas proporcionais da cidade, assumirá uma cadeira na Câmara Municipal.

Categorias
Matéria

Dirigentes partidários se manifestam sobre denúncia de candidaturas laranjas em Mossoró

Dirigentes partidários comentam denúncia (Fotomontagem: Blog do Barreto)

Três dirigentes partidários entraram em contato com o Blog do Barreto para comentar a denúncia feita pelo advogado Luiz Lira (leia AQUI) apontando candidaturas laranjas para completar a cota de gênero em cinco chapas que elegeram vereadores na disputa proporcional em Mossoró.

Nicodemos Fernandes, o “Nicó”, presidente municipal do Cidadania, disse que estranhou a ação e que sempre fez contatos com as candidatas citadas para que eles colocassem os respectivos blocos na rua.

Gerson Nóbrega, presidente do Patriotas, comentou o caso explicando que as candidatas receberam material de campanha e que estão prontas para prestar todos os esclarecimentos. “Elas receberam todo material de campanha e essa votação é resultado da falta de recursos e estrutura. Nosso advogado Dr. Canindé Maia está tomando todas as medidas cabíveis pra provar que nosso partido trabalhou conforme a legislação eleitoral”, declarou.

O vereador reeleito Raério Araújo, dirigente do PSD municipal, lembrou que no partido da vereadora Aline Couto, uma das patrocinadoras da ação, também há caso de candidata com baixa votação. “O partido de Aline Couto, PSDB, teve uma candidata que só teve um voto, se fosse assim cai o partido completo. Isso é uma coisa sem lógica. Ninguém obriga ninguém a ter voto”, criticou.

Categorias
Matéria

Cidadania fecha com Rosalba

Cidadania fica com Rosalba (Foto: cedida)

O partido Cidadania, o antigo PPS, vai apoiar a prefeita Rosalba Ciarlini (PP). A decisão foi tomada em reunião com os 32 pré-candidatos a vereador.

O líder da agremiação de Nicodemos Fernandes explicou ao Blog do Barreto que a votação foi apertada, mas prevaleceu a escolha pela pepista.

Logo mais às 16h, no Josué Buffet, o Cidadania realiza convenção com a presença de Rosalba e do seu companheiro de chapa Jorge do Rosário (PL).

 

Categorias
Matéria

Cidadania faz convenção no dia 12

Arquivos partido - Cidadania23

O partido Cidadania realiza convenção no próximo dia 12 de setembro, às 16h, no estacionamento do Josué Buffet, bairro Costa e Silva.

A legenda sairá com 32 candidatos a vereador.

O Cidadania ainda não definiu quem vai apoiar nas eleições de 15 de novembro na disputa majoritária.

Categorias
Matéria

Partido com 32 candidatos a vereador ainda não tem rumo definido na majoritária

O presidente do Cidadania (antigo PPS) Nicodemos Fernandes conversa com o Blog do Barreto informou que o partido já está com nominata organizada com 32 nomes sendo dez mulheres para disputar cadeiras para a Câmara Municipal.

“Estamos com nomes de vários segmentos. Vamos fazer um trabalho para manter esta nominata”, frisa.

Ele disse ainda que não serão aceitos vereadores em exercício de mandato. “A ideia é concorrer sem vereadores com mandato”, garantiu.

No entanto o destino na majoritária está em aberto. “Não estamos fechados com ninguém. Quando as candidaturas forem postas a prefeito e vai ser uma decisão de todos os pré-candidatos. Não temos qualquer definição”, declarou.

A legenda está organizada como diretório com validade até 2021.

Categorias
Matéria

Professora grava vídeo questionando valores de reforma de praça

A professora Minerva Martins gravou vídeo questionando os valores gastos na reforma da Praça Vigário Antônio Joaquim.

A Prefeitura de Mossoró gastou mais de R$ 500 mil na obra. Conforme levantamento do Blog Carlos Santos foram dois contratos um no valor de R$ 95.491,66 (abril) e com a Lima Engenharia e Construções e outro no valor de R$ 425.132,44 com a Vita.

Os dois contratos somam R$ 520.624,10.

“Ou lhe enganaram ou você está querendo enganar a população”, disparou.

Confira o vídeo:

Categorias
Matéria

Projeto “Assembleia e Você” chega a 9ª edição

Presidente da Assembleia acompanhou atividades (Foto: Eduardo Maia)

A cidade de Currais Novos recebeu na manhã desta quinta-feira (19) o Assembleia e Você. Em sua 9ª edição, o programa está levando serviços de saúde, ação social, educação e orientação sobre relações de consumo (Procon) para toda a comunidade seridoense. A expectativa é a de que, em média, 35 mil pessoas sejam atendidas durante os três dias de evento, dentro de todas as atividades programadas

Para o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PSDB), o projeto cumpre o papel de aproximar o Legislativo Potiguar do povo. “É a Casa do Povo sendo levada ao encontro do povo seridoense. São serviços de excelência sendo oferecidos gratuitamente. Uma forma de a Assembleia Legislativa estar mais próxima da população”, disse Ezequiel Ferreira.

As ações começaram a acontecer nesta quinta-feira (19) e prosseguem até o sábado (21), das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30, no Largo do Tungstênio, no centro da cidade.

Para a dona de casa Zilene Silva, que há anos vive com um problema de saúde na coluna, o Assembleia e Você foi uma oportunidade para conseguir a consulta com o ortopedista. “Há anos tentava uma consulta e um laudo sobre esse meu problema na coluna. Hoje, graças a Deus e a esse projeto, consegui resolver. Estou saindo daqui com uma felicidade grande por ter conseguido”, disse Zilene.

Serão mais de 3 mil consultas nas seguintes especialidades médicas: cardiologia, dermatologia, gastroenterologia, neurologia, oftalmologia, ortopedia, psiquiatria, pediatria, otorrinolaringologia, clínica geral, endocrinologia, mastologia e nefrologia, além de nutrição.

Outros serviços muito procurados pela comunidade e que estarão no Assembleia e Você em Currais Novos são a emissão de carteira de trabalho, RG e CPF. A organização do evento espera que mais de mil documentos sejam emitidos.

Para confeccionar seu RG, o cidadão deve apresentar registro de nascimento ou casamento, RG antigo, comprovante de residência, 2 fotos 3X4 e CPF. Para a carteira de trabalho, os seguintes documentos: CPF, comprovante de residência, certidão de nascimento ou casamento e documento com foto.

Em parceria com o Tribunal de Justiça, a Assembleia Legislativa vai realizar o casamento coletivo para mais de 170 casais, como é o caso de Lena Santos e Arivaldo Bezerra. Eles se conheceram na adolescência, se separaram e voltaram a se encontrar 31 anos depois e agora terão sua união oficializada.

“É a realização de um sonho. Depois de tantos anos vamos ter o nosso amor oficializado. Uma oportunidade que não teríamos caso esse projeto não viesse para Currais Novos. Uma felicidade só”, disse Lena Santos, com um sorriso no rosto.

A população também está tendo acesso ao Procon da Assembleia, ao Memorial Legislativo e suas exposições, além de Oficina de Pintura, Contação de História, Espaço de Lazer, Exposição fotográfica, Jogos diversos, Detran com teatro e pista lúdica, Orientação Bucal, Palestras, Roda de conversa, Circuito Psicomotor e Cinema.

O Programa Assembleia e Você prossegue atendendo a população do Seridó até o próximo sábado (21).