Categorias
Matéria

Petras vai apoiar Lawrence

O ex-vereador Petras Vinícius (sem partido) vai apoiar o presidente da Câmara Municipal de Mossoró Lawrence Amorim (SD) nas eleições para deputado federal deste ano.

O anúncio feito nas redes sociais foi justificado pelo reconhecimento ao apoio de Lawrence a causa dos autistas e pessoas com deficiência. “Mossoró está precisando de um Federal em Brasília com a #competência e garra para trabalhar como Lawrence Amorim”, escreveu no Instagram. “Lawrence apoiou nossa semana de conscientização e foi parceiro do maior movimento voltado ao #autismo que já realizamos. Conversamos e ele firmou o compromisso em abrir portas para fortalecer a luta das pessoas com #deficiência na Câmara dos Deputados Federais. Estou feliz com mais essa parceria que fechamos para o nosso #trabalho de cuidar das pessoas ganhar força. Bora, Lawrence, porque Mossoró precisa da gente!”, acrescentou.

Lawrence comentou o apoio agradecendo. “Agradeço demais por seu apoio a nossa caminhada meu amigo @petrasvinicius ,vamos juntos trabalhar por Mossoró e todo o nosso RN”, frisou.

Petras teve 1.424 votos nas eleições e teve mais sufrágios que seis vereadores eleitos em 2020 sendo prejudicado pela chapa do DEM.

O ex-vereador está fechado com Kleber Rodrigues (PSDB) para deputado estadual e Rafael Motta (PSB) para o Senado.

Categorias
Matéria

Com chegada dos Rosados, Cláudia Regina e Petras deixam o União Brasil

A ex-prefeita Cláudia Regina anunciou que está se desfiliando do União Brasil, partido que resultou da fusão entre DEM e PSL. A decisão coincide com a chegada da ala da família Rosado liderada pela ex-deputada Sandra Rosado.

“Informo nesta data a minha desfiliação do União Brasil, partido que nasceu da fusão do PSL e do Democratas (DEM), que fiz parte por mais de 30 anos, desde o antigo PFL.

Agradeço aos filiados e parceiros, em especial a José Agripino, pelo período de convivência partidária saudável, respeitosa e pelas boas lutas que empreendemos juntos”, postou nas redes sociais.

Ela não expôs a motivação para a saída do UB (nem precisava), mas deixou clara a insatisfação. “Parafraseando Marco Maciel, a política deve buscar a liberdade como princípio, o desenvolvimento como objetivo e a participação como instrumento de ação. Acredito no poder transformador e inovador da Política, sem motivos de arrependimento ou desesperança, olhando para o amanhã e para o novo tempo que nos espera”, escreveu.

Quem também anunciou que está deixando o partido é o x-vereador Petras Vinícius.

Ele se manifestou nas redes sociais:

“Anúncio minha desfiliação do UNIÃO BRASIL, partido que nasceu da Fusão do Partido Social Liberal (PSL) com o Democratas(DEM), partido do qual sou filiado desde 2005. Sou grato aos meus líderes e colegas de partido pela convivência e trabalho nessas quase duas décadas, desde quando ingressei na vida política pelo extinto PFL Jovem. De lá para cá, uma trajetória que muito me orgulha: o convite da vice-prefeita Cláudia Regina para secretariá-la; depois, assessorá-la na Câmara dos Vereadores de Mossoró; estive à frente da secretaria de Relações Institucionais da Prefeitura de Mossoró e, por último, Mossoró me confiou uma cadeira de vereador no Legislativo municipal (2017-2020). É chegada a hora de reorganizar o rumo da minha vida político-partidária e, jamais, tomaria tamanha decisão sem a conversa respeitosa com os meus familiares, líderes políticos e vocês, amigas e amigos que caminham comigo. Por onde eu passei, empreendi esforços no cuidado com as pessoas que mais precisam da gente. É nisso que acredito e essa é a missão que me mantém na vida pública. Muito obrigado pela confiança e parceria. Independentemente de partido, independentemente de cargo, nosso trabalho continua!”.

Cláudia e Petras estão fora das eleições 2022.

Categorias
Matéria

Ex-vereador e ex-secretária de saúde lançam programa de rádio

Petras e Leodise estreiam programa na segunda-feira (Foto: cedida)

O ex-vereador Petras Vinícius e a ex-secretária de saúde Leodise Cruz estreiam na segunda-feira, 22, o programa Diga Lá na Rádio Comunitária 98,7 em Mossoró.

“Com a proposta de atualizar as ondas do rádio, em um formato moderno da integração das mídias digitais e da opinião em tempo real, surge o PROGRAMA DIGA LÁ. A revista eletrônica leva esse nome principalmente pela presença forte da opinião, tanto dos apresentadores, quanto da população”, diz o material de divulgação.

O programa vai ao ar todos de segunda a sexta, às 16h.

O projeto já está no Instagram no perfil @programadigala.

Categorias
Matéria

Vereadores denunciam que Rosalba inaugurou obras inconclusas

 

Vereadores constatam que esta obra não está pronta

Os vereadores Petras Vinícius (DEM), Raério Araújo (PSD) e Ozaniel Mesquita (DEM) fizeram vistoria em obras recém inauguradas pela prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

Eles constataram que apesar da propaganda informar que as obras estavam entregues para a população as ações de reparo prosseguem.

São elas: o Centro de Reabilitação e a Unidade Básica de Saúde (UBS) Mário Lúcio no Conjunto Vingt Rosado (ver AQUI). “As pessoas estão trabalhando a parte física. Não tem nenhum equipamento”, frisou Petras.

Vereadores confirmam in loco que obras continuam após inauguração (Foto: cedida)

Eles ainda foram Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) do Jardim das Palmeiras, mas não conseguiram conferir se as obras estavam inauguradas. “Quando a gente chegou os responsáveis pela obra já tinha recebido uma ligação para não deixar a gente entrar”, relatou Petras que classificou o comportamento de inaugurar obras inconclusas como uma tática ultrapassada. “Um formato antigo de iludir as pessoas”, disparou.

A inauguração apressada de obras públicas se justifica por causa do calendário eleitoral a prefeita tinha até o dia 14 de agosto para inaugurar obras.

Centro de Reabilitação ainda está em obras, segundo vereadores

Esse tipo de prática em Mossoró não é de hoje. No final de 2012 a então prefeita Fafá Rosado (na época no DEM) inaugurou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Belo Horizonte sem que o equipamento tivesse condições de funcionar. “Hoje tivemos a oportunidade de fazer visitas nos equipamentos do município que foram entregues na sexta feira, infelizmente todas com pessoas fazendo acabamento da obra. Inadmissível a inauguração de obras sem concluir,  imagino que fez isso as pressas por não ter mais tempo. Já pagamos um preço alto com  UPA do BH inaugurado sem funcionar na época do prefeito antecessor”, lembra Ozaniel Mesquita.

O vereador Raério Araújo diz não sentir surpreendido com a prática: “Visitamos alguns equipamentos públicos, o que era notório, foi constatado, as obras estão inacabadas, existe muito a ser feito, antes de dizer que o serviço está concluído. Vale ressaltar que no CRAS do Jardim das palmeiras, não foi permitido a nossa entrada, tornando nítido a velha prática da falta de transparência”.

Categorias
Matéria

Vereador tem nome usado em golpe no WhatsApp

O vereador de Mossoró Petras Vinícius (DEM) é mais uma vítima de crime cibernético. Em conta falsa no aplicativo Whatsapp, golpista usa foto e nome do parlamentar, em conversas para pedir dinheiro.

“Estão usando o número 98191-9112, passando-se por mim e pedindo favores financeiros. Se entrarem em contato, ignore, não responda. É golpe. Já estamos tomando as devidas providências”, avisa.

O vereador apurou outras pessoas vítimas do mesmo crime. “Uma blogueira de Mossoró me contou que o mesmo número também usou a foto dela, anteontem, para pedir dinheiro”, conta.

Petras lamenta o uso de tecnologias digitais para crimes, e orienta desconfiança em qualquer pedido de dinheiro pela Internet. Segundo ele, todos estamos vulneráveis a golpes na Web.

Categorias
Matéria

Vereadores disputam “paternidade” de obra

Disputa nas redes sociais virou piada nos grupos de WhatsApp

O avanço das obras de pavimentação da Avenida Centenária, no Bairro Aeroporto, provocou uma verdadeira guerra nas redes sociais entre os vereadores rosalbistas para saber quem é o “pai” ou “mãe” do benefício.

Os vereadores Rondinelli Carlos (PL), Sandra Rosado (PSDB), Petras Vinícius (DEM) e Emílio Ferreira (PP) disseram que a Prefeitura de Mossoró atendeu reivindicações deles.

A Avenida Centenária, que por anos foi dada como pavimentada no sistema da Prefeitura de Mossoró, teve o calçamento tornado uma realidade também pela luta dos moradores que procuraram setores da imprensa para pedir a apoio e conseguiram atrair a atenção da gestão municipal.

Categorias
Matéria

Proposta de criação de comissão para fiscalizar aplicação de recursos da covid-19 pela PMM sofre derrota

Sandra e Aline derrubam projeto em comissão (Fotomontagem: Assessoria/CMM)

Criação da comissão especial de vereadores para a  fiscalização dos atos da Prefeitura de Mossoró no enfrentamento à pandemia de covid-19 foi rejeitada na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Câmara Municipal.

A proposta foi rejeitada com os votos das vereadoras tucanas Sandra Rosado e Aline Couto.

O projeto de autoria do vereador Petras Vinícius (DEM) ainda será analisado no plenário da Câmara Municipal que pode ou não manter o parecer da CCJR.

Na semana passada a bancada governista já tinha rejeitado o pedido de urgência solicitado pelo autor da proposta.

Categorias
Matéria

Vereador cobra destinação dos recursos do MCJ para o covid-19

Petras solicita recursos do MCJ contra coronavírus
Petras cobra envio dos recursos para o MCJ (Foto: Edilberto Barros/CMM)

Preocupado com o avanço do novo coronavírus em Mossoró, o vereador Petras Vinícius (DEM) fez uma indicação,  à Prefeitura, solicitando o remanejamento dos recursos do Mossoró Cidade Junina (MCJ) para ações de prevenção e combate ao vírus.

De acordo com o vereador, o município investiu mais de sete milhões de reais no MCJ de 2019. “Para a edição de 2020, a previsão orçamentária era de mais de quatro milhões, além de duzentos e quinze mil reais com o espetáculo Chuva de Bala e a estrutura do Cidadela”, afirmou.

Para Petras, esses recursos devem ser aplicados nas ações de proteção às pessoas em situação de rua, aquisição de equipamentos de proteção individual (EPI’s) para os profissionais de saúde, respiradores para leitos de UTI e outras necessidades. “Entendemos que devido ao cancelamento do MCJ 2020, em face da pandemia, o remanejamento destes recursos para a saúde seja necessário para preparar os equipamentos públicos de saúde do município”, defendeu.

Categorias
Matéria

Uma lei nascida à fórceps

Resultado de imagem para fórceps

Finalmente a lei que institui a escola de ensino bilíngue na rede municipal de ensino tem um número. Desde que a proposição foi aprovada em 26 de fevereiro de 2019 o autor dela, Petras Vinícius (DEM), aguarda a simples definição de um número.

Após um ano esperando que a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) se posicionasse para veto ou sanção a presidente da Câmara Municipal Izabel Montenegro (MDB) promulgou a Lei 3.767 de 31 de janeiro de 2020. A decisão foi publicada na edição do último dia 5 de fevereiro no Jornal Oficial de Mossoró (JOM).

A lei que cria a Escola de Educação Bilíngue para Surdos (EEBS) nasceu à fórceps*, ou seja, na marra. Por várias vezes o sempre paciente Petras precisou fazer cobranças públicas ao longo do ano passado.

A iniciativa beneficia crianças e jovens surdas que terão ensino com a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS).

Nota do Blog: que esta lei não seja letra morta como a autoescola municipal aprovada na década de 2000 e que nunca saiu do papel.

*Fórceps é um instrumento da medicina usado em partos quando a contração natural não é suficiente para garantir o nascimento do bebê.

Categorias
Matéria

Vereadores encontram situação crítica em hospital municipal

Os vereadores Ozaniel Mesquita (PL), Petras Vinícius (DEM), Genilson Alves (PMN) e Raério Araújo (PSD) fizeram ontem uma vistoria no Hospital Psquiátrico São Camilo de Léllis, sob administração da Prefeitura de Mossoró.

No vídeo eles relatam o que os levou a conferir o quadro de abandono na unidade de saúde.

Segundo Ozaniel Mesquita relatou ao Blog do Barreto os pacientes estão usando os espaços (ver galeria abaixo) que estão em péssimas condições. “Esse é o local que os pacientes dormem”, frisou.

Em resposta a matéria sobre o tema postada pelo Blog de Carol Ribeiro a Prefeitura de Mossoró enviou nota.

Confira:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

A Prefeitura de Mossoró informa que fez uma licitação para compra de colchões de toda a rede de Saúde. Essa licitação já tem ganhador e contrato assinado. No entanto, a Secretaria de Saúde aguarda a abertura do orçamento para realizar o empenho e logo em seguida solicitar novos colchões para Hospital São Camilo.

A Secretaria de Saúde procurou constantemente durante todo o ano passado um novo prédio onde o Hospital São Camilo pudesse funcionar. De acordo com as especificidades do ambiente, o local mais próximo de se adequar a realidade do São Camilo é um prédio da Educação do Governo do Estado localizado em frente a Praça dos Hospitais. A Secretaria de Saúde formalizou pedido ao Governo em ofício, teve ajuda da Câmara Municipal endossando o pedido do espaço também em ofício e a secretária de Saúde ainda se reuniu com o secretário de educação do Estado, mas não conseguiu a liberação do prédio da Educação do Estado.

A Secretaria de Saúde reforça ainda que tentou negociar a restauração do Hospital São Camilo com a proprietária do prédio, tendo o valor abatido dos alugueis pagos pela Prefeitura mas não houve acordo.