Categorias
Matéria

Vereador assume MDB de Mossoró

Blog Diário Político

Durante entrevista ao Cenário Político/TCM nessa terça-feira (05/03), o vereador mossoroense Isaac da Casca confirmou que vai assumir a direção do MDB em Mossoró. Semana passada Isaac havia confirmado sua mudança partidária do DC – que foi eleito em 2020 – para o partido bacurau.  No pleito de outubro fará dobradinha com a mãe dele, Heliane Duarte, que é pré-candidata a deputada federal também pelo MDB.

– Isabel Montenegro continua na presidência do MBD Mossoró? Foi a pergunta. Na resposta do vereador, ele disse Izabel continua no partido, mas o diretório iria passar por mudanças.

– O senhor assume o partido? “Sim, vamos assumir o MDB”, confirmou.

Isaac afirmou que a mudança está ocorrendo dentro de um consenso com Izabel que é um dos mais importantes quadros do MDB de Mossoró. Na Câmara de Mossoró o MDB passa a ter 4 cadeiras.

Isaac da Casca que foi o mais votado no pleito de 2020 e é o vice-presidente do legislativo municipal, deverá passar a ser o presidente do diretório de Mossoró do MDB ainda esta semana.

 

Categorias
Matéria

Vereador mais votado de Mossoró muda de partido e vai fazer dobradinha com a mãe

Com 3.113 votos Isaac da Casca foi o vereador mais votado de Mossoró nas eleições de 2020. Ele trocou o Democracia Cristã pelo tradicional MDB para ser candidato a deputado estadual em dobradinha com a mãe Heliane Duarte que tentará uma vaga na Câmara dos Deputados.

Isaac da Casca recentemente o sexteto de vereadores do bloco Diálogo e Respeito que recentemente deixou a base de apoio do prefeito Allyson Bezerra (SD).

Categorias
Sem categoria

Para não perder maioria, prefeito resgata ex-governistas para base

Acuado pela rebelião de seis vereadores e disposto a comprar a briga o prefeito Allyson Bezerra (SD) decidiu contra-atacar para não perder maioria na Câmara Municipal de Mossoró.

Allyson está atraindo três ex-governistas para a base temendo que resulte em perda da maioria o desfecho da queda de braço com Tony Fernandes (SD), Paulo Igo (SD), Carmém Júlia (MDB), Omar Nogueira (Patri), Lamarque Oliveira (PSC) e Isaac da Casca (DC).

O prefeito já teria começado a retirar os cargos de Lamarque e Omar, inclusive.

Com os retornos de Gideon Ismaias (Cidadania), Zé Peixeiro (PP) e Didi de Arnor (Republicanos), o prefeito garante na pior das hipóteses um placar de 13 x 10 para o Palácio da Resistência.

O quadro impressiona se voltarmos no tempo e lembrarmos que quando tomou posse Allyson tinha uma maioria de 18 x 5.

Se seguir neste quadro de instabilidade na base Allyson pode passar a ter minoria na Câmara, algo raro na política mossoroense. A última vez que isso aconteceu foi por um curto período no segundo semestre de 2010 na gestão de Fafá Rosado.

A diferença é que a motivação estava relacionada a eleição da mesa diretora.

Categorias
Matéria

Vitória de Isaac é precedente favorável a Tony

A vitória judicial do vereador Isaac da Casca que conseguiu a liberação da Justiça Eleitoral para mudar de sigla é um precedente para outro parlamentar que também está em litígio partidário.

Refiro-me ao Cabo Tony Fernandes (SD). O caso dele é bem mais notório e melhor documentado.

Isaac obteve liminar para estar filiado a um novo partido dentro do prazo que se encerra em 2 de abril.

Tony vive o mesmo dilema e chegou a ser excluído das atividades partidárias, o que torna o direito dele ainda mais sólido que o de Isaac.

O precedente está aberto.

Categorias
Matéria

Vereador mais votado de Mossoró consegue liminar para mudar de partido

O vereador Isaac da Casca conseguiu autorização judicial para deixar o Democracia Cristã. A tutela foi concedida pelo juiz relator do processo no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) Marcelo Rocha Lopes.

O parlamentar alegou ter divergências internas no DC e que isso pode impedir que ele seja candidato a deputado estadual nas eleições de 2022. Ele precisa estar filiado a um partido até o dia 1º de abril.

“O requerente também logrou demostrar o perigo de dano ou o risco ao resultado útil do processo, uma vez que, de fato, o prazo de filiação partidária, para concorrer no pleito vindouro por outra sigla, finda logo no início do mês abril de 2022, ou seja, daqui a menos de dois meses, situação que, a despeito da conhecida celeridade desta Justiça Especializada, pode, sim, causar embaraço à tempestiva prestação jurisdicional, desvelando perigo de dano ou o risco ao resultado útil do processo”, avaliou o magistrado.

Isaac foi o vereador mais votado de Mossoró em 15 de novembro de 2020 com 3.113 votos.

Confira a decisão que liberou Isaac para mudar de partido

Categorias
Matéria

Alysson reúne bancada para discutir orçamento e votação de projetos

O prefeito de Mossoró Allyson Bezerra se reuniu nesta quinta-feira (6), com vereadores de Mossoró para discutir ações e projetos, em especial, debater a Lei Orçamentária de 2022.

Allyson destaca o fortalecimento do trabalho e diálogo com o legislativo municipal. “É um momento importante de fortalecimento do diálogo com o legislativo municipal. Estamos de portas abertas e mãos dadas para avançar em Mossoró”, afirmou.

Na reunião também foram discutidos projetos de desenvolvimento econômico, social e de infraestrutura para execução neste ano e nos próximos. “Projetos de grande importância para a sociedade mossoroense”, pontuou Allyson.

Foi tratado ainda sobre a força-tarefa que vem sendo realizada pelo município para reduzir alagamentos e resolver problemas históricos da cidade sobre essa questão e ações de enfrentamento à Covid-19 e síndromes gripais.

“Agradecemos ao presidente Lawrence Amorim pelo forte trabalho realizado a frente da Presidência da Câmara de Mossoró e ao líder do governo vereador Genilson Alves pelo diálogo e atuação que tem mantido. Agradecemos a todos os vereadores que trabalham e votam os projetos de interesse do povo”, concluiu o prefeito mossoroense.

Participaram da reunião os seguintes vereadores: Lawrence Amorim, Lucas das Malhas, Costinha, Raério Araújo, Carmem Júlia, Edson Carlos, Isaac da Casca, Tony Fernandes, Paulo Igo, Marckuty da Maísa, Genilson Alves, Ricardo de Dodoca, Omar Nogueira, Naldo Feitosa, Wiginis do Gás e  Lamarque.

Categorias
Foro de Moscow

Foro de Moscow 245 │ Qual será a reviravolta na nova composição da Câmara?

Categorias
Foro de Moscow

Foro de Moscow 239 │ O que Allyson Bezerra foi resolver em Brasília?

Categorias
Matéria

Apesar de Styvenson, Mossoró elegeu o único vereador do Podemos no RN

Styvenson é presidente do Podemos/RN (Foto: reprodução/Redes Sociais)

Quem acompanha o Blog do Barreto viu a crise envolvendo o senador Styvenson Valentim, presidente estadual do Podemos, com a nominata de candidatos a vereador do partido dele em Mossoró.

Foi necessário os candidatos constituírem advogado para evitar que a chapa inteira fosse indeferida porque o partido estava acéfalo em Mossoró porque Styvenson dissolveu a Comissão Provisória.

Apesar dessa confusão, foi justamente em Mossoró que o Podemos elegeu seu único vereador: Wiginis do Gás, que foi eleito com 1.740(1,26%) três a mais que Sub. Jailson que recebeu 1.737 (1,26%).

Em 2016, o Podemos sob o comando do então deputado estadual Antônio Jácome elegeu 52 edis.

Isaac da Casca

Outro partido cujo único vereador no Rio Grande do Norte será de Mossró é o Democracia Cristã (DC). No caso será o campeão de votos na eleição de 15 de novembro Isaac da Casca que lembrado 3.113 votos.

Em 2016, o DC elegeu 21 edis.

Categorias
Matéria

Vice Allyson e mais três candidatos a vereador aparecem em lista de políticos que receberam auxílio emergencial com patrimônio acima de R$ 300 mil

O candidato a vice-prefeito Fernandinho, vice de Allyson Bezerra (SD), figura na lista do Tribunal de Contas da União (TCU), dos candidatos com patrimônio acima de R$ 300 mil que receberam auxílio emergencial.

Com patrimônio declarado de R$ 400 mil, Fernandinho recebeu um acumulando R$ 1.800,00 conforme apresentado pelo TCU.

Já os candidatos a vereador são:

Candidato Partido Patrimônio EM recebido
ISAAC DA COSTA FILGUEIRA (Isaac da Casca) DC R$ 305.000 R$ 1.800,00
JOSÉ WILSON DA SILVA PAIVA (Paiva das Acerolas) PSB R$ 978.000,00 R R$ 1.800,00
ERICO VERISSIMO MAIA CAVALCANTE (Érico Paredão) DC R$ 873.500 R$ 1.200,00

 

Confira o relatório completo AQUI.