Categorias
Matéria

Tendência do PT defende nome de Isolda para prefeita de Mossoró para enfrentar os dois lados do bolsonarismo mossoroense

A tendência petista Militância Socialista (MS) divulgou em uma nota em que defende o nome da deputada estadual Isolda Dantas como nome do PT para disputar a Prefeitura de Mossoró.

O texto classifica o nome da parlamentar como o melhor para enfrentar os dois lados do bolsonarismo na cidade fazendo a defesa do Governo Fátima Bezerra (PT).

“A Tendência Militância Socialista ratifica como fundamental ter uma candidatura majoritária petista que faça a defesa do governo Fátima, enfrente os ataques ao nosso governo das direitas capitaneadas pelos dois lados do bolsonarismo mossoroense”, afirma.

“A MS avalia que o nome com capacidade, capilaridade e em plenas condições de assumir essas tarefas à altura dos desafios, é o da deputada estadual Isolda Dantas, principal liderança pública do partido na cidade”, acrescentou.

A MS ainda definiu que indicou Jadson Arnaud para participar da elaboração de um programa de governo e indicou ele, Rômulo Arnaud e Íbero Hipólito para dialogar com as candidatura a vereador do partido.

 

Categorias
Matéria

Conversa de Carlos Augusto com bolsonarista reforça que rosalbismo não é confiável para o PT

O encontro do ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado com o presidente municipal do PL Genivan Vale é uma demonstração de que o rosalbismo não merece a confiança do PT.

Já emergiu dos bastidores que o rosalbismo quer o apoio do PT, mas sem indicação de vice. Agora conversa com o PL de Jair Bolsonaro.

É uma profunda demonstração de desapreço com o partido da governadora Fátima Bezerra e do presidente Lula.

O golpe está aí, o PT só cai se quiser!

Categorias
Matéria

Jaime Calado deixa o Governo para enfrentar prefeito do PT

Jaime Calado (PSD) deixou a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico para disputar a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante contra o prefeito petista Eraldo Paiva.

O agora ex-secretário recebeu o agradecimento público da governadora Fátima Bezerra (PT) que anunciou os seus substitutos: “Pessoal, passando para anunciar que @silviotorquato será o novo secretário do Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Norte e @hugoadventure assumirá como adjunto. E quero registrar nossa gratidão a @jaimecaladooficial por todo empenho, dedicação e por sua valorosa contribuição para o nosso estado”, frisou.

Nas redes sociais, Jaime comentou a decisão de deixar o cargo para disputar a Prefeitura de São Gonçalo. “Com gratidão e serenidade, encerro um ciclo para abraçar novos desafios na vida pública. Agradeço a todos que compartilharam desta jornada em prol do desenvolvimento do Rio Grande do Norte, em nome da nossa governadora Fátima Bezerra e toda a equipe da SEDEC”, disse.

“Meu compromisso com nosso povo permanece inabalável. Agora, seguirei para uma nova missão: recolocar São Gonçalo do Amarante nos trilhos do desenvolvimento e da paz. Fazer a cidade voltar a ser melhor e mais feliz”, acrescentou.

Categorias
Matéria

Isolda viaja à China para tratar da mecanização da agricultura familiar

 A deputada estadual Isolda Dantas (PT) anunciou que comporá a Delegação de Autoridades Políticas Brasileiras que visitará a China, em abril. Além de Seminário entre o Partido Chinês e o Partido dos Trabalhadores, a deputada terá reuniões com organizações, universidades e empresas chinesas para tratar do tema da mecanização da agricultura familiar, em busca de garantir, especialmente, a instalação de uma fábrica de máquinas na cidade de Mossoró (RN).

A delegação brasileira será composta por deputados estaduais e federais e senadores do Nordeste, liderada pela presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann. “Essa viagem é uma oportunidade para estreitar os laços e ampliar a troca de conhecimento, firmando a parceria China-Brasil pelo fortalecimento da agricultura familiar e desenvolvimento em Mossoró e todo o Rio Grande do Norte”, afirma a deputada.

Durante a visita da delegação da China em Apodi, a deputada participou de todas as atividades, dentre elas, reuniões, testagens e o Ato Solene do acordo de cooperação internacional, no qual fizeram parte o Consórcio Nordeste, a Universidade Agrícola da China (CAU), a Associação Internacional para a Cooperação Popular (AICP), Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Associação de Fabricantes de Máquinas Agrícolas e o governo federal, por meio do programa Mais Alimentos. Na ocasião, João Pedro Stédile, da direção nacional do MST, anunciou a vinda de uma fábrica chinesa de maquinário para a cidade de Mossoró. Isolda celebrou a oportunidade e assumiu compromisso de concretizar esta promessa.

A agenda da deputada nos próximos dias será em Pequim, Xangai, Xiamen e Fujian inclui visitas às empresas PowerChina, Huawei, Kehua Data (Empresa de Nova Energia), Kelme (empresa de equipamentos e materiais esportivos), CATL (empresa de tecnologia de bateria), Chunlun Group, e às universidades Agrícola da China, Universidade de Shanghai Jiao Tong, além das visitas ao Centro de Inovação da parceria do BRICS para a Nova Revolução Industrial e ao salão de exposições temático “Eliminação da Pobreza” de Ningde.

Nenhuma atividade será custeada com verbas do governo ou da Assembleia Legislativa.

Categorias
Matéria

Gleisi cumpre agenda de dois dias no RN

A presidente nacional do PT a deputada federal pelo Parná Gleisi Hoffmann Brasil estará em Natal nos dias 15 e 16 de março para cumprir agenda relacionada as eleições deste ano.

O objetivo é participar da organização do PT potiguar paras eleições municipais deste ano.

O PT tende a lançar a deputada federal Natália Bonavides (PT) para disputar a Prefeitura do Natal e pode ter a deputada estadual Isolda Dantas disputando mais uma vez a Prefeitura de Mossoró.

O PT potiguar administra cinco cidades potiguares, a principal delas é São Gonçalo do Amarante onde Eraldo Paiva está em desvantagem contra o secretário estadual de desenvolvimento econômico Jaime Calado.

Confira a programação de Gleisi em Natal:

SEXTA – FEIRA (15)

ATO POLÍTICO COM GLEISI HOFFMANN

Hora: 18h

Local: Praiamar Hotel (Ponta Negra)

SÁBADO (16)

ENCONTRO COM MULHERES

Hora: 10h

Local: Praiamar Hotel (Ponta Negra)

Categorias
Matéria

Há um eleitorado de esquerda a espera de nomes em Mossoró e os números das eleições de 2018 e 2022 provam isso

A esquerda poderia ser maior em Mossoró e isso ficou muito claro desde o colapso do grupo da ex-deputada federal Sandra Rosado (União) que permitiu que candidatos petistas que não atuam em Mossoró passassem a ter boas votações na cidade nas duas últimas eleições proporcionais.

Então vejamos: em 2018 Natália Bonavides e Fernando Mineiro somaram juntos 20.925 votos mesmo sem ter base eleitoral em Mossoró. Foram votos puramente ideológicos.

Em 2022, a história se repetiu com a dupla ganhando a companhia de Samanda Alves e os três petistas somando 21.469 votos. Some-se a isso o desempenho de Pablo Aires (PSB), um nome também da esquerda, que recebeu 14.997 sufrágios.

Temos um potencial por baixo de 36.466 votos para a esquerda em Mossoró. Um potencial inexplorado, diga-se de passagem. Este campo nunca chegou perto de uma votação destas numa eleição para prefeito ou atingiu este patamar numa eleição para vereador.

Há uma carência de nomes para atrair o eleitor progressista para votar na Câmara Municipal. Hoje apenas dois vereadores são de esquerda: Marleide Cunha (PT) e Pablo Aires, já citado neste texto. Poderia ser, por baixo, pelo menos cinco.

Faltam nomes.

Hoje o PT tem cinco nomes com potencial para grandes votações: a própria Marleide, Plúvia Oliveira, Ungmar Nogueira, o ex-goleiro Miranda e Ana Flávia Lira. O PC do B só teria Gutemberg Dias, que até aqui não sinalizou qualquer plano eleitoral para este ano. O PSOL não tem quadros competitivos e os demais partidos de esquerda não existem na cidade.

Esse quadro também se reflete na majoritária. Se a esquerda vem vencendo todas as eleições presidenciais desde 2002 em Mossoró (exceto o primeiro turno de 2018 quando o eleitorado se dividiu entre Haddad e Ciro, deixando Bolsonaro momentaneamente na frente) e as duas últimas para o Governo do Estado, para Prefeitura esse campo nunca chegou perto de uma vitória.

Fator municipal

É preciso ponderar que em disputas municipais o fator ideológico tem um peso menor do que nas eleições gerais. Influencia muito mais a prestação de serviços, a pavimentação, o atendimento no posto de saúde e outras questões mais básicas do cotidiano do cidadão.

Ainda assim os números mostram que a esquerda tem um potencial muito grande a ser explorado em Mossoró nestas eleições que esbarra no plano municipal na parca oferta de nomes.

Categorias
Matéria

Federação do PT/PV/PC do B discute projeto para 2024

Nesse domingo (25), a Federação Brasil da Esperança em Mossoró, composta pelos partidos PT, PCdoB e PV, realizou uma reunião importante para traçar os rumos eleitorais do município em 2024.

Com o objetivo de consolidação da união dos partidos da federação, suas alianças e a construção das nominatas que comporão o grupo político para as próximas eleições, a reunião organizada pela deputada estadual Isolda Dantas (PT) contou com a participação de parlamentares locais como o vereador Omar Nogueira (Patriota) e Pablo Aires (PSB), representantes da vereadora Marleide (PT), além de outras lideranças partidárias e pré-candidatas a vereador.

 “Nossa conversa, enquanto federação, é sobre construir um projeto político sólido para melhorar a vida do povo mossoroense. Mossoró precisa de uma alternativa a este modelo deficitário e perseguidor dessa gestão que está aí”, declarou a deputada Isolda.

Categorias
Análise

Fátima apoiar Rosalba em Mossoró é abraçar o rótulo de salva vidas de oligarcas

O domingo que passou teve o registro da ex-governadora Rosalba Ciarlini acompanhando a governadora Fátima Bezerra (PT) ao lado do ministro da justiça Ricardo Lewandowski.

As fotos levantaram as especulações de um entendimento entre Rosalba e o PT. Uma mistura política com status de água e óleo, diga-se de passagem.

Em 2018, a então senadora Fátima quis o apoio da então prefeita Rosalba. Este operário da informação alertou que a tríplice disputa envolvendo a petista, o então governador Robinson Faria e o de ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves era o caminho errado.

O eleitorado majoritário em Mossoró era o antirrosalbista. Carlos Eduardo ficou com o apoio de Rosalba, inclusive com o filho dela de vice, e Fátima venceu na capital do Oeste nos dois turnos.

Após a derrota em 2020, Rosalba amargou um ostracismo político e só na reta final de 2022, quando já estava bem claro que Fátima venceria fácil em Mossoró, ela declarou apoio na petista. A manifestação teve influência irrelevante no resultado eleitoral.

Hoje é Rosalba quem precisa de Fátima e do PT. Não o contrário. Quando Fátima precisou, Rosalba lhe deu as costas. Não faz sentido político nenhum essa aliança para a esquerda mossoroense.

Se Fátima, que escolheu Walter Alves (MDB) como vice em 2022, decidir marchar com Rosalba em Mossoró, vai colocar na testa o rótulo de salva vidas de oligarcas.

Categorias
Análise

Quem diria? Rosalba tenta colar no PT em busca de impulso político

No domingo, durante a visita do ministro da justiça Ricardo Lewandowski a Mossoró para acompanhar as buscar pelos fugitivos do presídio federal uma presença surpreendeu: a da ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP).

Ausente do debate público nos últimos anos, Rosalba estava lá ao lado de um ministro do presidente Lula, da governadora Fátima Bezerra e da deputada estadual Isolda Dantas.

Rosalba estava colando no PT, um partido que sempre combateu e que sempre lhe fez oposição. O mais irônico é que por anos ela espalhou a teoria da conspiração de que a violência (hoje em declínio) aumentou em Mossoró por causa do presídio federal.

Nada sério foi publicado que sustentasse as afirmações de Rosalba. Era só cortina de fumaça para esconder a incompetência do próprio governo.

Após flertar com o bolsonarismo e insinuar na campanha de 2018 que o PT teria envolvimento com a facada desferida em Jair Bolsonaro no dia 6 de setembro daquele ano, Rosalba agora tenta retomar fôlego eleitoral colando no PT para tentar se viabilizar como principal adversária do prefeito Allyson Bezerra (União) nas eleições deste ano.

Rosalba tem uma tarefa ingrata ao escolher esse caminho. A afinidade com o PT é negativa. A resistência a seu nome no campo progressista é enorme e mesmo o desgaste de Allyson com esse segmento não gerou saudades da “Rosa”.

O passado de Rosalba condena. Mas ela vai tentar colar no PT para se alavancar, quem diria?

 

Categorias
Matéria

Natália articula apoio do PDT

A executiva estadual do PDT-RN, liderada pela ex-deputada estadual Márcia Maia, se reuniu nesta quarta-feira (07) com representantes do Diretório Municipal de Natal e a pré-candidata a prefeita, Natalia Bonavides. O encontro durou quase duas horas e passou por diversos temas relacionados aos problemas que afligem à população da capital potiguar.

Mobilidade, saúde, educação, esporte e outras pautas foram debatidas, assim como a visão da pré-candidata sobre esses e outros temas. O diálogo sobre uma parceria nas eleições de 2024 entre pedetistas e a federação PT-PV-PC do B também foi assunto da reunião desta tarde.

Márcia Maia destacou a importância do encontro como pontapé inicial do diálogo para o pleito deste ano com um partido que possui similaridade nas pautas defendidas, o alinhamento em nível nacional e o perfil da pré-candidata do Partido dos Trabalhadores.

“O PDT é um partido histórico, de pautas importantes e que ao longo dos anos tem estado ao lado da defesa da democracia, da educação, da igualdade de oportunidades para a população. Estamos dialogando sobre uma parceria em Natal, pois reconhecemos o PT e a deputada Natália Bonavides como representantes, assim como nós, dessa luta pelo povo de Natal”, afirmou a dirigente.