Categorias
Matéria

Benes já desistiu de ser candidato. Falta anunciar

O deputado federal Benes Leocádio (Republicanos) anda mergulhado demais para quem é um postulante o Governo do Estado.

Na verdade não é nem nunca foi. Foi lançado como boi de piranha fadado ao fracasso.

O ministro das comunicações Fábio Faria (PSD) falou à Tribuna do Norte que Benes disputa a reeleição. O ministro do desenvolvimento regional Rogério Marinho (PL), seu padrinho político, disse na 98 FM que o deputado estava cumprindo “um papel”.

Agora foi a vez do deputado estadual Albert Dickson (PROS) na Jovem Pan de Natal falar que Benes vai tentar seguir na Câmara Federal por PP ou PL.

Todo mundo falou que Benes está fora da disputa majoritária.

Menos ele.

A candidatura passou tão despercebida a ponto de quase lembrar que ele sequer oficializou que está fora da disputa.

 

Categorias
Análise

Aposta bolsonarista em Benes para o Governo é o maior fracasso da política potiguar em 2021

Todo espaço do mundo na mídia de Natal, inúmeras entrevistas e o apoio do todo poderoso ministro do desenvolvimento regional Rogério Marinho (PL) não foram suficientes para alavancar o nome do deputado federal Benes Leocádio (Republicanos).

Ele encerrou o ano de 2021 longe de alcançar dois dígitos nas pesquisas e chega ao ano eleitoral com sua postulação esquecida no noticiário.

Benes não emplacou!

Será desnecessário dizer que Benes desistiu de ser candidato ao Governo do RN, a política já desistiu de sua postulação.

Agora ele vai precisar ser reorganizar para renovar o mandato em condições bem mais desfavoráveis do que em 2018 quando foi o mais votado do RN.

O lançamento de Benes ao Governo é o maior fracasso político de 2021.

Categorias
Matéria

Mais um deputado deve ir para o PL

Sem respaldo partidário no Republicanos, legenda que já anunciou que não lançará candidaturas ao Governos estaduais, o deputado federal Benes Leocádio deve deixar a agremiação na janela partidária.

Nos bastidores o ex-suplente de deputado federal  Abraão Lincoln está articulando a formação das nominatas para as eleições proporcionais e não esconde de ninguém que essa é a prioridade do partido.

Ele vai lançar o filho Victor Hugo como candidato a deputado federal ano que vem.

Já Benes patina nas pesquisas para o Governo do RN e deve migrar para o PL, legenda para onde foi o ministro do desenvolvimento regional Rogério Marinho, principal fiador de sua candidatura majoritária.

O PL é o destino natural de Benes. Para lá já vai General Girão (PSL).

 

Categorias
Reportagem

Além da falta de apoio popular candidatura de Benes ao Governo não tem respaldo partidário

 

Patinando nas pesquisas com desempenho pífio, apesar da ampla divulgação de sua postulação ao Governo do RN, o deputado federal Benes Leocádio (Republicanos) também não tem respaldo partidário para as eleições de 2022.

É que o Republicanos decidiu em nível nacional que não vai lançar candidatos ao Governo nos Estados, o que tira de Benes Leocádio o respaldo partidário necessário para a postulação.

Reportagem de O Globo publicada neste domingo sobre o assunto cita a situação de Benes e dos ministros Rogério Marinho (desenvolvimento regional) e Fábio Faria (comunicações):

No Rio Grande do Norte, embora o deputado federal Benes Leocádio venha se apresentando como pré-candidato do Republicanos ao governo numa chapa com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, para o Senado, a sigla sondou outro ministro de Bolsonaro, também interessado em concorrer à única cadeira de senador: Fábio Faria (Comunicações). Ele está mais perto hoje de se filiar ao PP, e o Planalto não considera a hipótese de que dois ministros disputem o mesmo cargo. Bolsonaro já chegou a se referir a Marinho, sondado pelo PL, como um “bom nome” ao governo, mas o ministro tem dito que não quer concorrer ao Executivo.

O Blog do Barreto conversou com o ex-candidato a deputado federal e presidente da Confederação Brasileira dos Trabalhadores da Pesca e da Aquicultura (CBPA), Abraão Linconl, uma das principais lideranças do partido no RN, que a candidatura de Benes pelo Republicanos está descartada. “Nossa prioridade é a eleição proporcional. Ele vai ter que ir para outro partido se for disputar o Governo”, frisou.

De fato, Abraão Linconl, mesmo ser presidente do Republicanos está recrutando nomes para a agremiação focando na disputa proporcional. Entre eles está o vice-prefeito de Mossoró Fernandinho que está com os pés no partido e os ex-deputados estaduais Márcia Maia e Luiz Almir.

Nota do Blog: desde o início alertamos que a candidatura de Benes ao Governo era frágil.

Categorias
Foro de Moscow

Foro de Moscow 25 nov 2021 – Candidatura de Benes Leocádio sobe no telhado

Categorias
Artigo

Femurn aceita passivamente perda de receitas das prefeituras. Entenda o motivo

O ano é 2019. A governadora Fátima Bezerra (PT) envia a Assembleia Legislativa que modifica o PROAD tornando- PROED com o objetivo de por meio de incentivos fiscais atrair indústrias e oferecendo vantagens para que estas se instalem no interior do Rio Grande do Norte.

A velha troca de imposto por emprego.

A Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN) se junta à oposição contra a proposta.

O motivo: perdas de R$ 87 milhões.

Negociação aberta, Fátima oferece R$ 20 milhões em reforço na saúde direcionando esses recursos para a farmácia básica dos municípios.

Sem acordo, 70 prefeitos entram na justiça.

No final a proposta foi aceita e um acordo fechado.

Agora, temos uma nova ameaça aos combalidos cofres dos municípios potiguares. A proposta de alteração do cálculo do ICMS para os combustíveis gera uma frustração de R$ 500 milhões em receitas no RN, sendo R$ 125 milhões para as prefeituras.

Quase o dobro. Não há promessa de gerar empregos e especialistas dão como certo que a percepção de queda nos preços da gasolina e diesel desaparecerá no curto prazo.

No fim, apenas o prejuízo.

E a Femurn? Não deu um piu sobre o assunto. Com exceção de Walter Alves (MDB) que se ausentou da votação, os sete deputados federais do RN votaram a favor da proposta.

Nenhuma reclamação da Femurn.

Tem explicação.

O presidente da entidade, Babá Pereira é do Republicanos, partido do deputado Benes Leocádio, pré-candidato ao Governo com o apoio do ministro do desenvolvimento regional Rogério Marinho que tem montando um palanque através do toma lá da cá com os prefeitos.

Melhor aceitar a perda de receitas sem lutar por compensações do que bater de frente com sua fonte de benesses.

Os dois pesos e duas medidas têm contexto e explicação que não necessariamente pode ser vista como uma justificativa.

Categorias
Matéria

Benes promete dois tratores à prefeita de Pau dos Ferros

Benes garantiu dois tratores para prefeita de Pau dos Ferros (Foto: redes sociais)

A prefeita de Pau dos Ferros Marianna Almeida (PSD) anunciou nas redes sociais que o deputado federal Benes Leocádio (Republicanos) garantiu que em agosto a cidade vai receber o envio de dois tratores.

Ela não é a única chefe de executivo municipal que tem recebido este tipo de promessa do pré-candidato ao Governo do Estado apoiado pelo ministro do desenvolvimento regional Rogério Marinho. Em outros municípios este tipo de promessa tem sido recorrente da parte de Benes.

Em maio, Rogério Marinho foi denunciado pelo Jornal O Estado de S. Paulo pelo esquema conhecido como “tratoraço” que usava uma espécie de orçamento secreto para conseguir apoio parlamentar através da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

Naquele mesmo mês começaram a chegar tratores da Codevasf em Mossoró que estão guardados em um terreno na Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA).

Os tratores, segundo a Assessoria de Imprensa da Codevasf informou ao Blog do Barreto no início deste mês são para convênios com prefeituras e organizações sem fins lucrativos.

Curiosamente, no perfil de Benes ele não faz menção à promessa dos tratores para Pau dos Ferros. Ele se limitou a tratar de emendas.

São estas as emendas:

Hospital Centenário: R$ 250.000,00

Saúde: R$ 150.000,00

Construção da quadra na Escola Municipal Elpídio Virginio Chaves: R$ 548.066,31.

Categorias
Enquetes do Blog

Entre os nomes atualmente especulados na oposição quem você acha o mais forte para enfrentar a governadora Fátima Bezerra em 2022?

Qual dos nomes apontados pela oposição é mais forte para enfrentar Fátima? (Fotomontagem: Blog do Barreto)

Na enquete desta semana o Blog do Barreto quer saber dos seus leitores sobre o que ele pensa a respeito dos nomes postos na bolsa de apostas da política potiguar para desafiar a governadora Fátima Bezerra (PT) em 2022.

Entre os nomes atualmente especulados na oposição quem você acha o mais forte para enfrentar a governadora Fátima Bezerra em 2022?

Entre no grupo do Blog no Facebook e vote AQUI.

Categorias
Análise

A estratégia do “candidato temporário”

Benes pode ser apenas um candidato tempoerário (Foto: assessoria)

Do nada Benes Leocádio (Republicanos), um deputado federal que teria uma difícil reeleição pela frente, aparece como candidato da oposição à governadora Fátima Bezerra (PT).

Não é no mínimo intrigante?

Neste momento alçar Benes ao Governo do Estado interessa a muita gente.

Gente que está de olho nas bases dele.

Gente que tem planos de disputar o Governo em 2022, mas não pode ficar no olho do furacão no momento.

Benes pode ser apenas um “candidato temporário”. Essa estratégia já aconteceu no Rio Grande do Norte e não faz muito tempo.

Entre 2012 e 2013 só se falava em tirar o ex-senador Fernando Bezerra da aposentadoria política para enfrentar a desgastada governadora Rosalba Ciarlini em 2014.

Era só fumaça.

O plano sempre foi fazer Henrique Alves um candidato consensual.

O resto é história.

Categorias
Análise

Candidatura ao Governo é uma boa para Benes

Benes Leocádio virou nome para o Governo do RN (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)

Ele já não tinha as bases que levaram a ser o deputado federal mais votado em 2018. O Blog do Barreto já tinha mostrado isso no dia 5 de junho (ver AQUI).

Não seria uma reeleição simples.

Alçado à condição de candidato ao Governo do Estado com estrutura financeira invejável, Benes Leocádio (Republicanos) terá a chance de na pior das hipóteses “cair para cima”.

Vai a eleição como franco atirador. Sem nada a perder. Se ganhar ótimo.

Se perder projeta seu nome politicamente.